Boas Práticas na Gestão dos Eucaliptais

Boas Práticas na Gestão dos Eucaliptais

A Primavera é uma óptima altura para plantar, controlar infestantes e adubar. O Projecto Melhor Eucalipto começa por lhe explicar o tema da plantação.

Tal como é explicado no site do Projecto Melhor Eucalipto, esta deve ser feita em três tempos. Primeiro, deve-se planear; depois, iniciar a plantação (na Primavera ou no Outono) e, finalmente, cuidar da plantação instalada.

Cada um destes momentos tem tarefas específicas.

Antes de plantar, deve planear o máximo possível, assegurando a legalidade e o cumprimento das regras e das melhores práticas em todo o processo, escolhendo o local onde vai comprar as melhores plantas (veja lista de viveiros em http://www.celpa.pt/melhoreucalipto/viveiros-florestais/) e contratando quem precisa de contratar (http://www.celpa.pt/melhoreucalipto/prestadores-de-servicos-florestais/).

Concretamente no campo, deve ter em atenção:

A humidade da terra. Evite plantar em terras muito secas ou com excesso de água. Mas aproveite a humidade da melhor forma. Em zonas de clima mais seco, normalmente mais a Sul do País, a plantação pode começar logo em Fevereiro. Em zonas com maior precipitação, pode esperar pelos meses de Março ou Abril. Evite, no entanto, a plantação no final da Primavera, pois as plantas podem não ter tempo para desenvolver raízes que sobrevivam à seca do Verão.

O bom estado das plantas desde a sua chegada até ao momento da sua utilização. Minimize a permanência das plantas em campo ou locais fechados, de modo a evitar perdas por desenvolvimento de fungos ou seca. Deve, a este propósito, regar as plantas sempre que necessário, assegurando que, no momento da plantação, o torrão está suficientemente húmido.

Deve também definir o número de árvores que pretende plantar, tendo sempre em conta que plantar árvores mais juntas não significa produzir mais. Fica uma dica: quanto mais fértil e plano for o terreno mais árvores poderá plantar. No guia da Rearborização, disponível em http://www.celpa.pt/melhoreucalipto/rearborizacao/, o Projecto Melhor Eucalipto explica-lhe qual a distância entre linhas, entre árvores e qual a densidade aconselhada conforme a precipitação anual da área em questão. E explica ainda qual é a distância entre linhas aconselhada nos terraços.

– Deve plantar no fundo do sulco aberto na preparação do terreno, onde o solo se encontra mais descompactado e com melhores condições de enraizamento. Em terrenos sulcados, as plantas devem ser plantadas no sulco central. Nos terraços, a plantação deve ser feita no sulco exterior da ripagem

– As plantas devem ser colocadas na vertical para não danificar as raízes, devendo utilizar-se preferencialmente o tubo de plantação

– No momento da plantação, a planta deve apresentar folhas em todo o tronco, sem manchas e o torrão inteiro e consolidado, não devendo ser utilizada no caso do torrão se desfazer.

– O torrão deve ficar coberto de terra, devendo o solo envolvente ser levemente acamado para evitar a formação de bolsas de ar.

Após a plantação

Se mais de 5% das plantas não sobreviverem, devem ser imediatamente substituídas.

É também depois da plantação que se deve adubar e controlar as infestantes. Num próximo artigo explicamos como.

Para mais informações consulte o site do Projecto Melhor Eucalipto.

Comente este artigo
Anterior PDR2020: Primeiros contratos de financiamento assinados
Próximo Video da Conferência do Conselho de Ministros extraordinário da Floresta de 21 de Março 2017

Artigos relacionados

Comunicados

Projeto Smart Rural 21 procura aldeias ou vilas para implementar estratégias de Smart Villages

O Projecto Smart Rural 21: Preparatory Action on Smart Rural Areas in the 21st Century, é um projecto apoiado pela Comissão Europeia (DG […]

Comunicados

Nova legislação de proteção contra as pragas dos vegetais

Entra em aplicação no próximo dia 14 de dezembro o Regulamento (UE) 2016/2031, do Parlamento Europeu e do […]

Últimas

GPP promove reflexão sobre o tema do abastecimento alimentar

Tendo por objetivo contribuir para a reflexão sobre o tema do Abastecimento alimentar, o GPP promoveu o respetivo debate em sessão transmitida em livestreaming no dia 11 de novembro […]