Bloco de Esquerda defende “medidas estruturais” para o Interior do país

Bloco de Esquerda defende “medidas estruturais” para o Interior do país

“Não porque achemos que as medidas pontuais não possam ser feitas e não possam ter algum efeito, mas nós precisamos de mais do que de medidas pontuais. Nós precisamos de medidas estruturais para desenvolver o Interior do país”, disse hoje Catarina Martins, quando questionada pela agência Lusa, em Celorico da Beira, no distrito da Guarda, sobre as medidas anunciadas recentemente pelo Governo para a valorização do Interior.

Segundo a líder nacional do BE, há duas medidas fundamentais de investimento, que são responsabilidade de investimento do Estado e também permitem o investimento privado: a reabertura de serviços públicos “onde eles encerraram” e o investimento na ferrovia e “a sua presença em todo o país e a sua capacidade de transportar populações e mercadorias”.

“Continuamos a dizer que sem medidas estruturais é difícil combater o despovoamento do Interior do país”, frisou a responsável durante uma visita à Feira do Queijo da Serra da Estrela de Celorico da Beira.

Em sua opinião, a par de medidas de reflorestação em locais afetados pelos incêndios, de medidas relacionadas com o investimento na agricultura e na sua modernização, “é preciso também o investimento nos serviços públicos e na ferrovia”.

“Para nós [BE], essa visão estrutural para o Interior é fundamental e é por essa que nos continuamos a bater”, destacou.

Catarina Martins referiu ainda que não se opondo o partido a medidas pontuais, continua a defender “o investimento estruturante” no país.

Nas declarações aos jornalistas, a responsável lamentou que no mês passado tenha sido chumbada no Parlamento, pelo PS e pelos partidos da direita, a proposta do BE “de iniciar um processo de reabertura de serviços públicos onde eles foram encerrados nos últimos anos”.

Continue a ler este artigo no SAPO 24.

Comente este artigo
Anterior Agriloja fecha exercício de 2019 com vendas de 50 milhões de euros
Próximo Nuno Russo apela à reflexão, decisão e ação para desenvolver os territórios de baixa densidade

Artigos relacionados

Últimas

Confagri e FPAS defendem manutenção das competências do Ministério da Agricultura

A Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal (Confagri) e a Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS) emitiram um comunicado para «reafirmar a importância nacional do Ministério [da Agricultura] e das suas estruturas» […]

Últimas

Repuntes en los precios del mercado del vacuno


Los precios del vacuno subieron en las principales lonjas nacionales. La producción interna se encuentra cada vez más ajustada por la escasez de animales creando tensión entre producción e industria, […]

Sugeridas

Incêndios: Prazo de limpeza de terrenos florestais termina daqui a um mês

Os proprietários florestais têm ainda um mês para assegurar a limpeza de terrenos, inclusive à volta de habitações, cumprindo com o prazo de “até 15 de março”, que se mantém […]