BiodivSummit, uma conferência focada na temática da diversidade biológica

BiodivSummit, uma conferência focada na temática da diversidade biológica

O Município de Proença-a-Nova promove, a 22 e 23 de maio, o BiodivSummit, uma conferência focada na temática da diversidade biológica que se realizará no Centro Ciência Viva da Floresta com a presença de especialistas de diferentes áreas de atividade, mas com um objetivo comum: refletir sobre a biodiversidade e novas estratégias que conjuguem os propósitos do desenvolvimento económico com as exigências de sustentabilidade ambiental e de recursos.

“Humanidade: Extinção ou Continuidade”, “Bio, Vegan, Green e Sustentabilidade”, “Plantas Aromáticas e Medicinais – Futuro com História”, “Alterações Climáticas: Oportunidades e Impactos”, “Diferentes Ecossistemas, uma Biodiversidade” e “Novas Estratégias de Biodiversidade” são os seis momentos que compõem o BiodivSummit e que, para o presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova refletem a importância de se levar a cabo um amplo debate sobre o planeta que hoje temos, a partir de um chavão como o de biodiversidade, mas com consequências diretas no comportamento do dia a dia.

“Mais do que trocar ideias sobre biodiversidade, alterações climáticas ou sustentabilidade, que é importante, o desafio é que cada um tenha a consciência de que o impacto que nós, humanos, temos vindo a causar ao planeta, tem que ser corrigido agora, com as nossas atitudes e ações. As gerações que nos antecederam, ainda que com muito menos recursos do que nós, tinham implementados conceitos como economia circular ou sustentabilidade ambiental, com a ligação aos ciclos da terra e das estações, num equilíbrio com o meio envolvente que não soubemos preservar”, considera João Lobo. “A urgência de se preservar a diversidade biológica existente deverá levar a que seja criada de forma afirmativa legislação que enquadre as mais valias a pagar pela manutenção das florestas e sua biodiversidade, reconhecendo o seu impacto no bem-estar coletivo e constituindo importante fonte de rendimento para aquelas que todos os dias são seus guardiões”, defende.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Anterior Dezenas de variedades STET Holland apresentadas em Dia de Campo
Próximo CDU quer preservar Mercado dos Lavradores para promoção de produtos regionais

Artigos relacionados

Nacional

CAP quer conhecer as necessidades de recursos humanos dos empresários agrícolas

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) está a realizar um inquérito que pretende avaliar as necessidades dos empresários agrícolas em matéria de qualificação e competências de recursos humanos do mundo rural. […]

Últimas

Executivo propõe reforço do PRORURAL+ devido a elevado número de candidaturas

O Governo dos Açores vai propor à Comissão Europeia a revisão do PRORURAL+ de modo a possibilitar a abertura de novas candidaturas à medida de manutenção da extensificação pecuária aos agricultores que terminaram os compromissos em 2016. […]

Nacional

Mostra Silves Capital da Laranja é este fim de semana

A 3.ª Mostra Silves Capital da Laranja decorrerá, em 2019, nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro, estando previstas as atuações de Cuca Roseta (dia 15), […]