BASF amplia portefólio de alface

BASF amplia portefólio de alface

Entre 15 e 19 de Fevereiro, a BASF promoveu, nas suas instalações em La Palma (Cartagena), em Espanha, demonstrações de ensaios de variedades de alface e de espinafre. O portefólio de alface da BASF foi ampliado com novas variedades de diferentes tipos de alface, com o objectivo de «abranger todo o ciclo de produção de alface em Espanha, proporcionar maior resistência e oferecer variedades mais versáteis».

Na tipologia das “Little Gem”, a empresa apresentou a Theras (para um ciclo de Outono-Inverno) e a VS15 (variedade para Primavera, ainda em desenvolvimento), ambas resistentes ao míldio e a afídeos e podendo ser comercializadas em folhas (devido à «facilidade de remoção das folhas») ou em cabeças, explica a BASF em comunicado. Estas duas variedades juntam-se às já existentes, na tipologia “Little Gem”, Thicket e Thespian, que cobrem todo o ciclo produtivo.

NUNHEMS, JORNADA PRESENTACION

Na tipologia “mini-romana”, a BASF está a lançar a VS73 (roxa, ainda em desenvolvimento, para plantações de fim de Outono e de Inverno), a NUN 06574 (em verde, para plantações de fim de Outono, de Inverno e início de Primavera) e a Winbee (para plantações de fim de Inverno e de Primavera). As duas primeiras são resistentes ao míldio e a afídeos, enquanto a NUN 06574 tem uma tolerância «excelente» ao tipburn (necrose marginal da folha da alface).

NUNHEMS, JORNADA PRESENTACION

Na tipologia “Romana”, é introduzida a NUN 06263, para produção de Outono, mais direccionada para exportação. A pensar no mercado interno, surge a Boratal, para produção de Inverno, com tolerância «elevada» ao tipburn e ao espigamento.

NUNHEMS, JORNADA PRESENTACION

Na tipologia “Iceberg”, a BASF apresentou três variedades, com resistência a míldio e afídeos: Goldiva (produção de Outono), Segobia (Inverno) e Recilia (Inverno e Primavera, com a empresa a destacar a sua «versatilidade», podendo ser cultivada em diferentes alturas do ano e em diferentes zonas de produção). A BASF afirma que tem diversos ensaios em curso para continuar a apresentar novas variedades de alface que abranjam todo o ciclo e que preencham os três requisitos para este tipo de produto: calibre, qualidade e resistência.

NUNHEMS, JORNADA PRESENTACION

A BASF anunciou que foi acrescentada ao catálogo da Nunhems, a sua divisão de sementes, a variedade canónigos (ou alface-de-cordeiro). A empresa indicou ainda que esta divisão está a trabalhar no desenvolvimento de novas variedades de espinafre resistentes ao fusarium.

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Live: PRR: Seminário de debate sobre Florestas
Próximo Álvaro Amaro critica programa de promoção agroalimentar para 2021 que destina metade do financiamento à promoção de biológicos

Artigos relacionados

Dossiers

Eucalipto ganha terreno ao pinheiro-bravo e ao sobreiro

O eucaliptal já ocupa mais de um quarto da floresta nacional. Pinheiro-bravo perdeu 10,5% da área em dez anos. São dados do Inventário Florestal Nacional de 2015, […]

Dossiers

Avisos Agrícolas: 09 (2019) Vinha, Pomóideas, Mirtilo, Citrinos, Batateira, Melão – Entre Douro e Minho

[Fonte: SNAA] O Serviço de Avisos Agrícolas é um serviço nacional do Ministério da Agricultura e do Mar (MAM) que tem por finalidade emitir avisos agrícolas. […]

Nacional

Quercus alerta para abate de árvores centenárias em Vila Nova de Paiva

A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza alerta para o facto de estar “previsto e iminente o abate de um conjunto de árvores centenárias”, […]