Barragens alentejanas com menos 11.6% de água armazenada que o esperado

Barragens alentejanas com menos 11.6% de água armazenada que o esperado

[Fonte: Rádio Campanário] No último dia do mês de Junho de 2019 e comparativamente ao último dia do mês anterior verificou-se um aumento do volume armazenado em 1 bacia hidrográfica e uma descida em 11.

Das 59 albufeiras monitorizadas, 14 apresentam disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total e 10 têm disponibilidades inferiores a 40% do volume total.

No que concerne à bacia Hidrográfica do Guadiana encontra-se a 69.5% da sua capacidade total, menos 11,6 pontos percentuais abaixo da média esperada para o referido mês.

De acordo com os dados, esta bacia hidrográfica não tinha no final de abril nenhuma albufeira acima dos 80% de capacidade. No entanto a que mais percentagem de água armazenada apresentava era a Barragem de Alqueva (72.9%) da sua capacidade total, seguindo-se Enxoé que estava a 65.1% e Odeleite (56.2%).

Já as barragens abaixo dos 50% da sua capacidade de armazenamento são 6: Abrilongo (36.5%), Beliche (48.4%), Caia (24.7%), Lucefecit (29.2%), Monte Novo (39.6%) e Vigia (17.2%)

As barragens do Caia e Vigia continuam a ser as que apresentam o nível de armazenamento mais preocupante, situação que se vem arrastando há vários meses como pode ser comprovado nos dados Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos.

Comente este artigo
Anterior Ação de formação "Plano de ação para a vigilância e controlo da vespa velutina em Portugal" - 25 de julho - Constância
Próximo Foi assim que aconteceu. Diário de uma viagem aos bastidores do Parlamento Europeu

Artigos relacionados

Últimas

UTAD coordena projecto para ajudar a mitigar impactos das alterações climáticas na viticultura

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

Vai decorrer de 18 a 21 de Fevereiro, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), […]

Últimas

¡Pintan bastos!

[Fonte: Agropopular – UE]

Se puede decir que las negociaciones sobre el Marco Financiero de la UE para el periodo 2021/27 están encalladas y que la previsión existente de alcanzar un acuerdo antes de que acabe este año no se van a cumplir. […]

Nacional

Ministro da Agricultura privilegia fundos comunitários nos apoios para “não sacrificar” dinheiro nacional.

[Fonte: Sapo24]
O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural disse esta quarta-feira, no parlamento, que no que toca à atribuição de apoios privilegia os fundos comunitários de forma a não sacrificar o dinheiro nacional. […]