Banco Alimentar Mundial disponibiliza 49,4 ME a Angola para aumentar produção

Banco Alimentar Mundial disponibiliza 49,4 ME a Angola para aumentar produção

O Banco Alimentar Mundial (BAM) vai disponibilizar a Angola 60 milhões de dólares (49,4 milhões de euros), com o objetivo de financiar o aumento da produção agrícola e a estabilidade em alimentos no país.

O anúncio foi hoje feito pelo presidente da instituição, Richard Lackey, à saída de uma audiência com o Presidente de Angola, João Lourenço.

O responsável disse que a instituição vai continuar a ajudar Angola no aumento da produção de alimentos e crescimento dos pequenos agricultores, por via de financiamentos.

“O Presidente angolano está a ser bem referenciado a nível do mundo”, referiu Lackey, citado pela agência noticiosa angolana, Angop, destacando o desenvolvimento registado por Angola nos últimos anos no domínio agroindustrial.

Segundo o presidente do BAM, os investimentos da instituição bancária em Angola poderão atingir nos próximos anos até dois mil milhões de dólares (1,6 mil milhões de euros), nos domínios do aumento da produção de alimentos e apoio aos pequenos agricultores, com vista a garantir a segurança alimentar no país.

Comente este artigo
Anterior Vantagem comparativa, vantagem competitiva? - Miguel de Sousa Otto
Próximo Morreu Agostinho Álvares Ribeiro, projectista de sete barragens do Douro

Artigos relacionados

Sugeridas

Recursos florestais: novas tendências de inovação e valorização

As preocupações globais com a sustentabilidade têm limitado o uso de produtos de origem fóssil e renovado o interesse pelos produtos de base florestal. Encontrar novas aplicações e processos para […]

Comunicados

COVID-19 – PDR2020 – “Retomar, sem dívidas”

No passado dia 20 de março o Governo aprovou um pacote de medidas excecionais para apoiar as empresas. Estas medidas assentam em 3 […]

Últimas

Algarve, uma região tropical, ameaçada por falta de água e fogos florestais

O aumento médio das temperaturas, conjugadas com a diminuição da precipitação atira o Algarve para um clima cada vez mais tropical. […]