Azeites da CAMB voltam a receber prémios internacionais

Azeites da CAMB voltam a receber prémios internacionais

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

O Azeite Virgem Extra Premium e o Azeite Moura DOP, da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos (CAMB), foram premiados no World Edible Oils Paris 2019, a 17.ª edição do concurso internacional AVPA-Paris 2019. Neste concurso, o Azeite Virgem Extra Premium recebeu uma medalha de bronze e o Azeite Moura DOP conquistou uma medalha de prata.

A entrega dos prémios teve lugar em Paris no dia 25 de Abril. Recorde-se que estes dois azeites já tinham conquistado outros prémios noutros concursos internacionais (ver as notícias relacionadas).

Henrique Herculano, director de marketing da CAMB, salienta que «participaram neste concurso internacional cerca de 300 azeites de todo o Mundo, que, segundo a organização, apresentaram uma “qualidade de excelência”». Para Henrique Herculano, «o que reforça ainda mais a importância» das medalhas conquistadas pelos dois azeites.

Notícias relacionadas

Comente este artigo

O artigo Azeites da CAMB voltam a receber prémios internacionais foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior Capoulas Santos atribui campanha contra agricultura intensiva “àqueles que são contra o desenvolvimento” do Alentejo
Próximo Indústria alimentar e setor da Distribuição chegam a acordo para reformulação nutricional de 11 categorias de produto

Artigos relacionados

Nacional

Ainda sobre os incêndios – Duarte Marques

[Fonte: Expresso]
Para discutir com o mínimo de seriedade o tema dos incêndios é útil partir de algumas premissas que todos nós já assumimos (políticos, autarcas e especialistas dos mais diversos sectores): o fenómeno dos incêndios não se resolve sem uma intervenção de fundo na gestão da floresta e do território e isso demora pelo menos 20 anos a ter resultados. […]

Últimas

“O País está pior”. A política de gestão florestal é “desastre” que prejudica proprietários

[Fonte: Correio da Manhã]
Clemente Vicente Nunes fez uma alusão ao incêndio na Sertã em que “há fortíssimas suspeitas” de origem criminosa.
A política de gestão da floresta, desde os incêndios de 2017, tem sido “um desastre”, em que “o ónus cai todo em cima dos proprietários”, […]

Últimas

Mais de 100 operacionais e seis meios aéreos combatem fogo em Ourique

[Fonte: Rádio Renascença]

Um incêndio florestal deflagrou esta segunda-feira à tarde no concelho de Ourique, distrito de Beja, e o combate às chamas mobiliza mais de 100 operacionais e seis meios aéreos, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.
A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja adiantou que o alerta para o fogo, […]