Asfertglobal apresenta estudo em pimento que reduz 50% de fertilizantes

Asfertglobal apresenta estudo em pimento que reduz 50% de fertilizantes

A Asfertglobal e o Centro de Demostración y Transferencia Agraria CDTA) ‘El Mirador’ apresentaram em Murcia, Espanha, os primeiros resultados de um ensaio em pimento que fizeram em parceria com vista a analisar a eficácia agronómica da aplicação de dois produtos na cultura do pimento: «Kiplant AllGrip, um biofertilizante composto por microorganismos solubilizadores de fósforo, produtores de fito-hormonas e enzimas extracelulares; e Mycoshell Dripper, uma solução cujas micorrizas que melhoram o transporte de nutrientes e conferem maior resistência a organismos patogénicos».

Uma das conclusões preliminares aponta para uma redução de 50% no uso de fertilizantes.

O ensaio foi realizado numa variedade de pimento que existe no CDTA há 5 anos (Nun50176), usando um sistema de fertirrigação, num ciclo que começou na segunda quinzena de Abril e termina no final de Julho, tendo-se avaliado os parâmetros da produção, qualidade, análise foliar e análise do solo.

A apresentação destes resultados decorreu nas instalações do CDTA, que recebeu os agricultores antes da colheita do produto, para que «pudessem apreciar visualmente o desenvolvimento vegetativo e a valorização dos frutos, uma vez que todas as partes da parcela são muito homogéneas», declarou Pedro Mínguez, responsável técnico do CDTA.

Embora o relatório completo esteja disponível a partir de Agosto, a análise foliar mostrou «um aumento notável de fósforo, potássio e cálcio» nas parcelas onde foram administradas soluções Asfertglobal. «Isto pode levar a um claro benefício nas áreas que estão a ser aplicadas, já que permite uma redução de 50% nos fertilizantes. Também estamos a falar de produtos que melhoram o desenvolvimento radicular da planta, aumentando a absorção de nutrientes e a sua maior resistência a situações de stress.As micorrizas e as bactérias tornam certos elementos do solo mais assimiláveis para a planta. Esses microrganismos, juntamente com a planta, criam uma relação simbiótica que beneficia o meio ambiente», explicou Pedro Mínguez.

Na mesma linha, José Nicolau, director comercial da Asfertglobal em Espanha, destacou a importância de se desenvolverem produtos que ajudem a agricultura e o ecossistema em que está localizada. José Nicolau reconheceu também a importância de realizar ensaios com um Centro tão prestigiado como o CDTA: «Saber quando, onde e porque devemos usar os nossos produtos é um dos nossos pontos fortes. Os produtos da Asfertglobal são desenvolvidos por investigadores de prestigiadas universidades, como a Universidade de Lisboa, e produzidos com as melhores matérias-primas, fornecendo a combinação perfeita de produto, tecnologia e eficácia», concluiu.

Empresa descreve os dois produtos

O Kiplant AllGrip é composto por um consórcio bacteriano que promove o crescimento das plantas, com acção particularmente relevante na produção de fito-hormonas, na solubilização de fosfato de fontes inorgânicas, e mineralização de fósforo e outros nutrientes por acção da produção de enzimas extra-celulares. Esta solução apresenta resultados consistentes numa grande variedade de solos, permitindo um aumento de até 15% na produtividade das culturas em que é aplicada, e uma redução efectiva do uso de fertilizantes químicos.

O Mycoshell é um biofertilizante à base de micorrizas e ácidos húmicos solúveis, que permite aumentar o volume do solo que as raízes exploram, facilitando a solubilização do fósforo mineral e a absorção de azoto da matéria orgânica. Mycoshell aumenta a tolerância das plantas ao stress hídrico e à salinidade, além de melhorar o transporte de nutrientes e oferecer uma maior resistência face a organismos patogénicos proporcionando maior sucesso nas plantações.

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Chuva e Granizo de maio: Pedidos de apoio entre 1 e 31 de julho
Próximo Álvaro Amaro satisfeito com acordo para transição da PAC: Parlamento e Conselho definem uma duração de dois anos

Artigos relacionados

Últimas

Engaço de uva. Uma ajuda na cura de feridas do pé diabético

Estudo da UTAD revela potencialidades do engaço de uva na cura de feridas do Pé Diabético.
Um estudo feito por investigadores do CITAB, […]

Sugeridas

Regantes defendem que produtividade económica da água deve ser prioridade nos futuros apoios da PAC

Num momento em que se discute o futuro da Política Agrícola Comum (PAC) e se aproximam as eleições para o Parlamento Europeu […]

Nacional

Seguros devem abranger seca e fundos mutualistas podem ser resposta para produção de milho, diz confederação

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) defendeu que a seca deve ser incluída nas coberturas dos seguros agrícolas, afirmando-se ainda apologista de mecanismos como “fundos mutualistas” para as produções com características homogéneas, […]