As universidades como fonte de inovação e empreendedorismo – Nuno Medeiros Carrapatoso

As universidades são um dos melhores instrumentos para empoderar os jovens, que, sem regalias, sem privilégios e sem poder, podem encontrar no conhecimento o elixir para realizar os seus sonhos.

Fundada em 1918, a Wageningen University & Research (WUR) é considerada a melhor instituição de investigação agrícola e ambiental do mundo. A WUR, também conhecida como Food Valley, para além da componente puramente pedagógica, é composta por um conjunto de empresas tecnológicas e explorações agrícolas experimentais que põem em prática diversos projetos inovadores para o setor agrícola e científico.

Considerada a melhor universidade da Holanda, a WUR é pioneira nas áreas das ciências da vida, alimentação saudável, ambiente, agricultura e florestas, tendo como missão explorar o potencial da natureza para melhorar a qualidade de vida. Prova do seu posicionamento vanguardista é o facto de ter atingido a neutralidade carbónica em 2015.

Superando todas as suas limitações geográficas, foram investimentos como a WUR que fizeram da Holanda o maior exportador europeu de produtos agrícolas e um dos maiores centros de atração de talento e empreendedorismo, fatores críticos para a inovação e crescimento económico das nações.

No outro lado do Atlântico, a Universidade de Stanford, fundada em 1890, tem atualmente um orçamento anual para a educação e investigação de quase 7 mil milhões de dólares, ou seja, metade do valor que Portugal espera receber a fundo perdido no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência.

Mas nem sempre foi assim. Depois da Segunda Guerra Mundial, a universidade carecia de fundos para conseguir servir uma procura crescente. Como resposta, o reitor Frederick Terman, considerado o Pai de Silicon Valley, propôs a criação do Stanford Industrial Park, onde se passou a alugar terras a empresas tecnológicas.

Se a Califórnia é hoje o estado mais rico dos EUA, parte dessa riqueza advém do famoso Silicon Valley e das suas empresas, muitas delas formadas por

Continue a ler este artigo no Observador.

Comente este artigo
Anterior Governo duplica para 20 ME apoio para instalação de jovens agricultores
Próximo Previsão - Frio intenso

Artigos relacionados

Últimas

Disponível relatório da FAO “O Estado da Alimentação e da Agricultura”

O relatório da FAO “O Estado da Alimentação e da Agricultura 2020”, apresenta uma nova análise da escassez e déficit de água.Mais de 3 bilhões de pessoas vivem em áreas agrícolas com níveis altos ou muito altos de déficit e escassez de água, […]

Comunicados

DCIAP e IFAP reforçam cooperação ao nível dos procedimentos de comunicação

Na sequência do Protocolo de Colaboração celebrado em 10 de julho de 2020, entre o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) […]

Últimas

OE2020: PAN diz que proposta do Governo é de continuidade e pouco ambiciosa

Numa primeira reação ao OE2020, entregue na segunda-feira pelo Governo no parlamento, André Silva manteve em aberto o sentido do voto do PAN na generalidade, […]