Área de governação da Agricultura está no terreno a apoiar os agricultores afetados pelos incêndios

Área de governação da Agricultura está no terreno a apoiar os agricultores afetados pelos incêndios

[Fonte: MAFDR] Apesar de estarem ainda em curso trabalhos de rescaldo nas zonas atingidas pelos incêndios dos últimos dias, os serviços do Ministério da Agricultura encontram-se já no terreno para fazer o levantamento dos prejuízos sofridos em explorações agrícolas, bem como de eventuais necessidades relativamente a tratamentos de animais feridos e alimentação animal, incluindo abelhas.

Logo que estejam concluídas as operações de delimitação das áreas atingidas pelos incêndios que têm estado a atingir mais duramente os concelhos de Mação, Sertã e Vila de Rei, o Governo publicará a portaria que definirá as condições de apoio aos agricultores e aos produtores florestais.

Comente este artigo
Anterior Incêndios: Ministério da Agricultura faz levantamento dos prejuízos em explorações agrícolas
Próximo Área ardida nos incêndios de Mação e Vila de Rei equivale a quase duas vezes o concelho do Porto

Artigos relacionados

Comunicados

“Loures Inova” lança acelerador de negócios

A “Loures Inova”, centro de negócios e incubadora instalada no Mercado Abastecedor da Região de Lisboa (MARL), tem abertas, até 15 de novembro, as candidaturas para o Programa “Go Market”, um acelerador de negócios inovadores no “cluster” agroalimentar e da logística.
O “Go Market” tem o objetivo de apoiar empreendedores e “startup’s” no desenvolvimento   de projetos-piloto, […]

Comunicados

CIM do Tâmega e Sousa promove visitas de campo a explorações agrícolas de kiwis e de mirtilos

Depois da visita de campo a uma exploração agrícola de cogumelos shiitake, a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) vai organizar visitas de campo a explorações agrícolas de kiwis e de mirtilos.
A visita de campo dedicada à produção de kiwis está agendada para o dia 12, […]

Comunicados

Alteração da ZPE do Tejo Internacional, Erges e Ponsul – Proprietários rurais e gestores contra alargamento de ZPE em mais de 350% quando Governo corta 17 M€ nas medidas de apoio à Rede Natura 2000

Os proprietários rurais são responsáveis por atividades agro-florestais essenciais, em muitos casos, para a conservação da natureza e gestão da biodiversidade (CN &B). É nos territórios geridos por estes que ocorrem valores naturais de extrema relevância a nível nacional e comunitário, cuja existência depende largamente de um conjunto de práticas rurais extensivas de carácter agrícola, […]