Área contaminada com Xylella alastra

Área contaminada com Xylella alastra

[Fonte: Vida Rural]

Foram identificadas mais plantas com a bactéria Xylella fastidiosa durante uma nova prospeção efetuada pelos serviços da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAPN) no jardim do Zoo de Santo Inácio, em Vila Nova de Gaia, local onde tinham sido detetadas as primeiras plantas infetadas.

De acordo com o jornal Público, a Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) indicou ter sido determinada “uma nova demarcação da zona infetada” com a confirmação de mais plantas de Lavandula dentata infetadas no jardim, uma ação no âmbito do Plano de Contenção da doença.

A DGAV indicou ainda que já identificou a subespécie da bactéria: “Trata-se da X. fastidiosa subsp. Multiplex e está associada a 58 espécies/géneros de plantas, entre eles a amendoeira, a cerejeira, a ameixeira, a oliveira, o sobreiro, a figueira e muitas plantas ornamentais e da flora espontânea”.

Esta entidade apela ainda a particulares ou profissionais para colaborarem com os esforços oficiais que estão a ser feitos no sentido da erradicação do foco agora detetado, alertando para a necessidade do “escrupuloso cumprimento das restrições ao movimento de plantas suscetíveis à doença.”

Comente este artigo

O artigo Área contaminada com Xylella alastra foi publicado originalmente em Vida Rural.

Anterior Angola não está a progredir na agricultura
Próximo Reforma PAC: C-LM apuesta por “igualar las ayudas por hectárea en el conjunto del país”

Artigos relacionados

Nacional

Governo antecipa apoios da PAC em três meses por causa da seca

[Fonte: ECO]

O Ministério da Agricultura vai antecipar em três meses, para outubro, pagamentos da Política Agrícola Comum (PAC) aos agricultores afetados pela seca e abrir concurso de três milhões de euros para captação, armazenamento e transporte de água.
“O último relatório [sobre a situação de seca, […]

Sugeridas

Instituto Superior de Agronomia vence competição formativa 24H Agricultura Syngenta

A equipa Castras SA do Instituto Superior de Agronomia arrecadou o 1º lugar da competição formativa 24H Agricultura Syngenta, um evento da Associação Portuguesa de Horticultura. […]

Últimas

Produtores agrícolas e florestais lesados pelos incêndios de 2017 “extupefactos” com medidas discriminatórias do senhor Ministro da Agricultura

O Ministro da Agricultura mostrou-se “extupefacto” pela  luta dos produtores agrícolas e florestais lesados pelos incêndios, presentes na concentração em frente ao Ministério da Agricultura na sexta dia 2 de Fevereiro.

“Extupefactos”  estão os produtores lesados com a última medida do seu Ministério em que apenas dá uma 2ª oportunidade a quem fez as candidaturas e não as entregou, […]