Apoio solidário ao pastor do rebanho atingido por um relâmpago em Arcos de Valdevez

Apoio solidário ao pastor do rebanho atingido por um relâmpago em Arcos de Valdevez

Como é do conhecimento público, no passado dia 9 de abril, um relâmpago matou 68 cabras de um rebanho de um pastor – Dário Gonçalves de Lima – nos montes de Gondoriz, Arcos de Valdevez.

A morte destes animais significa uma perda económica direta de aproximadamente 5000,00€, sem contar com as crias que estariam para nascer.

Os animais são de raça autóctone bravia e não existindo muitos exemplares, é muito difícil conseguir a reposição do efetivo. Conseguir essa reposição até ao dia 30 de abril de 2021 é uma tarefa impossível. Este é o prazo limite determinado pelo IFAP para a contabilização do efetivo para a atribuição das ajudas financeiras. Até ao dia 30 de abril, dificilmente alguém vende um animal.
Não contando com estes 68 animais no dia 30 de abril, o pastor Dário perde aproximadamente 1000,00€ de ajudas diretas e não consegue candidatar-se às medidas agroambientais de apoio às raças autóctones, perdendo nos próximos dois anos um valor aproximado de 4000,00€.

São 10000,00€ de prejuízo provocado por um evento meteorológico inédito e que tem um impacto tremendo na atividade e condições económicas do Dário.
São explorações como as do Dário que contribuem para a manutenção do património genético destas nossas raças autóctones, para a gestão da paisagem e eliminação de matéria combustível, prevenindo incêndios rurais, bem como para a fixação de pessoas em territórios desfavorecidos e que geram e retêm valor nestas áreas, sob a forma de produtos alimentares de elevado valor e que são eles também parte do nosso património histórico e cultural.

A Classe Médico-Veterinária, que é naturalmente generosa, altruísta e solidária, reconhece a importância de explorações como esta e de homens como o Dário e desde a primeira hora manifestou a vontade de ajudar.
Dando forma a este sentimento da Classe Médico-Veterinária, a Ordem dos Médicos Veterinários entendeu disponibilizar uma conta solidária para que todos os que queiram ajudar o Dário a recuperar os seus animais perdidos possam enviar os seus donativos.

Contando, uma vez mais, com a solidariedade da Classe Médico-Veterinária, a OMV agradece antecipadamente todos os contributos que vier a receber.

Conta OMV Solidária:
IBAN: PT50 0033 0000 00013412634 34
SWIFT/BIC: BCOMPTPL

Esclarecimento do Ministério da Agricultura referente à morte das 68 cabras em Arcos de Valdevez

Terror passou por Arcos de Valdevez e matou 68 cabras ao pastor Dario

Comente este artigo
Anterior VISÃO VERDE - João Coimbra
Próximo Executivo angolano começa sexta-feira a combater praga de gafanhotos que atinge duas províncias

Artigos relacionados

Últimas

GNR apreendeu mais de 11 toneladas de alfarrobas e identificou oito suspeitos em Almancil

O Comando Territorial de Faro, através do Destacamento Territorial de Loulé, ontem, dia 19 de julho, apreendeu mais de 11 toneladas de alfarrobas e identificou oito suspeitos, com idades […]

Últimas

TRITICALE, uma cultura com duplo interesse

A história do melhoramento do triticale em Portugal

A seleção dos primeiros triticales em Portugal, na década de 60, resultou da participação da Estação de Melhoramento de Plantas (EMP), […]

Sugeridas

Chuva intensa e granizo destruíram produção agrícola em Tarouca

Uma forte trovoada com queda de granizo e chuva intensa destruiu “toda a produção agrícola” em Tarouca, Viseu. […]