ANCOSE armazena queijo e compra lã aos produtores da região da Serra da Estrela

ANCOSE armazena queijo e compra lã aos produtores da região da Serra da Estrela

A pandemia está a afetar os produtores de queijo da região da Serra da Estrela, que se vêm a braços com o produto em stock. Par minimizar o problema, a Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela (ANCOSE) está a ajudar os produtores e os criadores da região armazena o produto que não está a ser vendido, mas também a comprar lã de ovelha aos associados.

“Os produtores têm muita dificuldade em vender o queijo Serra da Estrela”, referiu o presidente da ANCOSE ao Jornal do Centro. “Como a maior parte dos pastores não tem condições para armazenar o queijo, disponibilizámos tudo o que era nosso para armazenar o queijo dos pastores”, explicou.

Manuel Marques adiantou que já estão armazenadas cerca de oito toneladas de queijo nas instalações da ANCOSE, “o que é muito elevado, pois tal não se verificava nos anos anteriores”, que espera “possa ser vendido até à Páscoa”.

No sentido de ajudar o setor, a ANCOSE vai lançar uma plataforma digital para venda de queijo. “Algumas câmaras já o fizeram e nós vamos avançar, mais ou menos, com o mesmo sistema, em que a pessoa vai, ‘carrega’ para o carrinho, compra e o queijo é entregue em casa porque temos transportadoras para isso”, afirmou Manuel Marques, que espera que o site o site “esteja pronto em finais de Fevereiro”, para “abranger o período da Páscoa e para que as pessoas não tenham de sair de casa para comprar o queijo”.

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Aula Aberta online: Como a produção animal sustentável pode contribuir para a neutralidade carbónica? - Manuel Cancela de Abreu - 13 de fevereiro
Próximo Oferta de Bolsas de Investigação - Engenheiros Zootécnicos - Bragança

Artigos relacionados

Revistas

Jornal Prodouro – julho 2020

Jornal Prodouro – julho 2020 […]

Dossiers

Exército pronto a ter militares no terreno durante a época de incêndios florestais, diz ministro

O ministro da Defesa Nacional garantiu que o Exército português está preparado para ter militares no terreno, no apoio às populações e […]

Últimas

Subida do rio Búzi continua a engolir campos agrícolas no centro de Moçambique

Mais cinco aldeias do centro de Moçambique ficaram hoje com os campos agrícolas submersos, elevando para 1.748 hectares a área tomada pela subida do rio Búzi, só num distrito, disse hoje à Lusa fonte estatal. […]