Alterações Climáticas e Viticultura trazem especialistas europeus à UTAD

Alterações Climáticas e Viticultura trazem especialistas europeus à UTAD

[Fonte: Voz do Campo]

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) vai receber especialistas de organismos europeus especializados em alterações climáticas e viticultura na Europa. Trata-se da conferência Clim4Vitis – Climate change impact mitigation – que terá lugar no edifício de laboratórios, de 18 a 20 de fevereiro.

O Clim4Vitis é um projeto H2020 Twinning na área da viticultura e alterações climáticas e pretende consolidar parcerias internacionais e disseminar informação relativa a estas temáticas junto dos stakeholders nacionais na área da vitivinicultura.

Este projeto é coordenado pela UTAD, em consórcio com o Potsdam Institut fuer Klimafolgenforschung (PIK); a Universita degli studi di Firenze (UNIFI); o Luxembourg Institute of Science and Technology (LIST); e a Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI), e o objetivo é juntar o know-how destas instituições lideres europeias e promover a transferência de conhecimento, assim como medir e avaliar os impactos das alterações climáticas na viticultura europeia.

Durante três dias os interessados poderão ter contacto com especialistas de referência na viticultura e alterações climáticas, destacando-se a conferência do dia 19 à tarde que terá como oradores José Roquete da Esporão, Hans Schultz da Geisenheim University – Alemanha; Benjamim Bois da Universidade de Burgundy – França; Inaki Cortazar do INRA – França; e João Santos da UTAD.

Esta conferência inclui um workshop no dia 18 que visa fornecer uma visão geral de diferentes abordagens de última geração de modelação de videira e abordará a fenologia, o crescimento, pragas e doenças da videira sob diferentes condições ambientais; e no dia 20 um curso de formação avançado dedicado às alterações climáticas e à viticultura, que irá fornecer informação sobre as melhores práticas com valor agregado ao setor.

Esta conferência é organizada pelo CITAB/UTAD, tem entrada livre e gratuita, sujeita a inscrição, e dirige-se a estudantes, investigadores, produtores, empresas e demais interessados nestas temáticas.

Mais informações aqui.

Comente este artigo

O artigo Alterações Climáticas e Viticultura trazem especialistas europeus à UTAD foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Anterior Sessões de esclarecimento PU2019
Próximo Brasil lança duas novas cultivares de uvas

Artigos relacionados

Últimas

Hortas da Quinta do Chinco representam novo paradigma social em Castelo Branco

Um novo paradigma social está a surgir em Castelo Branco, com os 72 utilizadores das Hortas Sociais da Quinta do Chinco já a cultivarem os seus talhões.
Este projecto da Câmara Municipal de Castelo Branco, reabilita um espaço que estava abandonado, trás o campo à cidade e permite aos utilizadores das Hortas, […]

Nacional

“Lavoura açoriana está a afundar-se”, diz Jorge Rita

[Fonte: Correio dos Açores]
O Presidente da Federação Agrícola dos Açores afirma que se preço do leite não aumentar e governo não conceder 45 euros por vaca a lavoura açoriana afunda-se
O Presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita, afirmou ontem ao ‘Correio dos Açores’ que, […]

Últimas

Cultivo de canábis vai criar 750 empregos em Portugal

[Fonte: Observador]Estão já a ser investidos 160 milhões de euros no cultivo de canábis para utilização medicinal. Empregos a criar vão desde a mão-de-obra agrícola até áreas especializadas na química e farmácia.

O cultivo da planta de canábis para fins medicinais, legalizado e regulamentado em janeiro, […]