Alteração às normas de comercialização do arroz

Alteração às normas de comercialização do arroz

Foi publicado a 11 de fevereiro de 2020, o Decreto-Lei nº 3/2020, que procede à primeira alteração ao Decreto-Lei nº 157/2017, que fixa normas de comercialização do arroz e da trinca de arroz destinados ao consumidor final.

As alterações consistem na clarificação das regras de rotulagem de determinados tipos de arrozes, comummente considerados como especialidades de arroz, como são os casos do arroz basmati, do arroz jasmim, do arroz risoto, do arroz integral e do arroz sushi, e de outros sujeitos a tratamentos tecnológicos, dado não se tratarem de categorias de arroz de classe «Comum», na alteração do anexo IV, em relação ao qual existia uma imprecisão no que respeita à forma de aplicação dos parâmetros analíticos pico de viscosidade e retrogradação relativamente ao arroz « agulha » e na atualização da referência à Norma Europeia relativa aos métodos de rotina para determinação do teor de amilose.

Poderá aceder ao diploma aqui.

Comente este artigo
Anterior Lesados por fogo de Monchique criticam EDP por negar responsabilidades
Próximo Previsão de longo prazo - 24 fev a 22 mar. 2020

Artigos relacionados

Últimas

Governo dos Açores assegura serviços de medicina veterinária à Ilha do Corvo

O secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou que os serviços de medicina veterinária têm sido assegurados na Ilha do Corvo com a deslocação de profissionais de outras ilhas. […]

Últimas

Sustentabilidade ambiental é tema de congresso de horticultura em Coimbra


O atual panorama da agricultura intensiva e da sustentabilidade do setor são os principais temas do Congresso Ibérico de Ciências Hortícolas, […]

Últimas

“Transformar uma planta continua a ser uma arte”

Créditos da imagem: JLP

Os investigadores sabem como fazer alterações genéticas precisas nos genomas das plantas, o problema é que as células modificadas dificultam o processo de regeneração, […]