Agromais faz 30 anos

Agromais faz 30 anos

Um exemplo na organização da produção agrícola nacional

No âmbito das comemorações dos 30 anos da AGROMAIS, teremos a oportunidade de juntar muitas das personalidades e parceiros que marcaram o crescimento da nossa organização ao longos destas três décadas.

Foi um percurso muito marcante para a região e que permitiu criar uma estrutura que é, hoje em dia, um exemplo de organização da produção. Criamos valor para a região. Criamos valor para o setor.

Os desafios futuros são enormes e a nossa ambição é cada vez maior. «Os próximos 30 anos serão seguramente ainda mais desafiantes e com um contexto muito diferente. Agora, a nossa missão, é continuar a crescer o nosso negócio neste novo mundo.», afirma Luis Vasconcellos e Souza, Presidente da Direcção da Agromais.

O evento terá lugar na Golegã, amanhã, dia 10 de Novembro, pelas 11h30. Terá início na sede da AGROTEJO, com uma apresentação da evolução e dos desafios da organização, e terminará com um almoço para os convidados. Neste evento, para além dos nossos parceiros desta caminhada de 30 anos, contaremos com a presença de antigos ministros da agricultura, como Assunção Cristas, António Serrano e Fernando Gomes da Silva.

Comente este artigo
Anterior Oferta de Estágios - Estágios IAESTE (M/F)
Próximo As lições de Pedrogão Grande - 7 de Dezembro 2017 - Coimbra

Artigos relacionados

Últimas

Ministro brasileiro diz que vai aos Estados Unidos discutir suspensão da exportação de carne

São Paulo, Brasil, 23 jun (Lusa) – O ministro da Agricultura do Brasil, Blairo Maggi, informou que viajará para os Estados Unidos para tentar reverter a suspensão à importação de carne bovina fresca produzida no Brasil que anunciada ontem pelo Governo norte-americano.

“A suspensão é temporária. […]

Últimas

Número de mortos nos incêndios aumenta para 36

O número de mortes ocorridas devido aos incêndios florestais que lavram no país desde domingo aumentou para 36, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_5 span,#wpdevar_comment_5 iframe{width:100% !important;} […]

Nacional

CNA diz que ‘áreas mínimas’ indivisas são muito altas

[Fonte: Vida Rural]

As áreas mínimas fixadas pelo Ministério da Agricultura para manter as parcelas florestais indivisas nas heranças estão a ser contestadas pela CNA. De acordo com esta confederação, “Os graves problemas da Floresta Nacional não se resolvem com medidas administrativistas impostas pelo Ministério da Agricultura e que ignorem os direitos dos proprietários e produtores florestais”. […]