Agricultura reúne 1/3 das propostas ao Orçamento Parcipativo

O Orçamento Participativo Portugal permitiu ao Governo “perceber melhor o que é importante e prioritário para os cidadãos”, afirmou o primeiro-ministro, António Costa, na sessão de encerramento da fase de apresentação de proposta para o Orçamento Participativo Portugal, ontem, 19 de Abril, no Porto.

E o ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, afirmou estar satisfeito porque “cerca de um terço das propostas dizem respeito à agricultura”. Isto “quer dizer que mesmo as populações urbanas têm propostas nestas áreas, não são apenas as populações rurais” que fazem propostas sobre a agricultura, o que “quer dizer que a agricultura está muito enraizada nas pessoas”.

Luís Capoulas Santos elogiou, entre outros, um projecto para identificar castas de vinha desconhecidas e outro relacionado com o desperdício alimentar nas cantinas escolares.

50 encontros

A apresentação do Orçamento Participativo Portugal contou com 50 encontros realizados por todo o País. Através do OPP os portugueses podem decidir como investir 3 milhões de euros.

A segunda fase ocorrerá de 24 de Abril a 12 de Maio, com a análise técnica das propostas e sua transformação em projectos por cada um dos Ministérios e Secretarias Regionais e pelos respectivos serviços, com competências nas áreas das propostas.

A 15 de Maio inicia-se a terceira fase, que durará até 31 de Maio, com a publicação da lista provisória de projectos a colocar em votação e período para reclamações dos proponentes.

A 4ª fase vai de 1 de Junho a 15 de Setembro de 2017, com a votação pelos cidadãos nos projectos do OPP da sua preferência. Em Setembro será feita a apresentação pública dos projectos vencedores.

Propostas para o sector agrícola em cada região ainda podem ser feitas aqui, até 21 de Abril.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo
Anterior Challenges for Mediterranean Research: Food, Resources and Territories - 28 de Abril 2017 - Évora
Próximo Passeio micológico de Primavera no Sabugal - 14 de Maio 2017 - Sabugal

Artigos relacionados

Nacional

Atenção: Pode fazer queimas e queimadas mas tem de as comunicar previamente

As queimas e queimadas estão autorizadas desde 11 de Outubro. Mas estas têm obrigatoriamente de ser previamente comunicadas. O Decreto-Lei […]

Últimas

Fileira da carne de porco: FilPorc reconhecida como organização inter-profissional

A FilPorc — Associação Inter-profissional da Fileira da Carne de Porco foi reconhecida como Organização Inter-profissional. A decisão foi publicada no Despacho n.º […]

Vídeos

Faça Chuva Faça Sol – T.2 Ep. 19

Neste programa conhecemos a realidade vitivinícola nacional, passando pelo Douro […]