Agricultores familiares podem inscrever-se na próxima semana em plataforma para acesso a apoios

Agricultores familiares podem inscrever-se na próxima semana em plataforma para acesso a apoios

[Fonte: Gazeta Rural]

O secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural anunciou hoje que “na próxima semana estará disponível” a plataforma para os agricultores familiares se inscreverem e terem acesso a apoios e integrarem os fornecedores de instituições estatais.

“A partir da próxima semana, os agricultores e produtores florestais poderão começar a inscrever-se para começarem a beneficiar de um conjunto de medidas que se vão implementar rapidamente para o apoio da agricultura familiar”, anunciou Miguel João de Freitas.

Neste sentido, o governante apresentou “três notas rápidas” sobre os benefícios da inscrição nesta plataforma, que “não tem prazo limite” para aceder por parte dos produtores familiares que “poderão contar com o apoio das juntas de freguesia e das câmaras” municipais.

“Tudo o que forem medidas comunitárias, os agricultores familiares terão prioridade do ponto de vista da aprovação das suas candidaturas e a orientação já está dada ao PDR 2020 e ao Fundo Florestal Permanente para dar prioridade a tudo o que são fundos geridos pelo Ministério da Agricultura”, adiantou.

Os agricultores que estiverem nesta plataforma farão também parte dos “circuitos curtos de comercialização”, ou seja, poderão ser fornecedores de instituições públicas, como hospitais ou escolas.

“As entidades públicas vão ser obrigadas a comprar aos pequenos agricultores inscritos uma parte daquilo que consomem. As escolas, as cantinas militares e hospitalares vão ter que comprar uma percentagem daquilo que gastam aos pequenos agricultores”, anunciou.

Uma terceira medida a ser atingida por esta plataforma é o “reconhecimento das organizações de produtores multiproduto”.

O secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural acrescentou ainda que haverá “mais medidas, que ainda estão a ser trabalhadas” e que, no seu entender, “vão ser apresentadas ainda neste primeiro semestre”.

O secretário de Estado falava hoje, em Nelas, depois de uma visita às obras de limpeza da rede ripícola, nas margens do Rio Mondego, nas Caldas da Felgueira, na freguesia de Canas de Senhorim, e de reunir com a FlorestalNelas sobre os apoios agrícolas e florestais em vigência.

Miguel João de Freitas também inaugurou, no edifício da Câmara Municipal de Nelas, um Gabinete de Apoio ao Agricultor que, segundo o autarca, “faz parte de uma estratégia para estruturar o território do ponto de vista ambiental”.

“A questão da agricultura é uma questão de rendimento, as pessoas cuidam do seu bocadinho, principalmente o que foi deixado por herança (…), mas as pessoas não limpam, não gastam 500 euros a limpar um hectare, porque já têm dificuldade em ter rendimento e em fazer face aos seus compromissos do dia a dia e depois têm dificuldade em rentabilizar o que têm”, explicou José Borges da Silva, presidente da Câmara de Nelas.

Fonte: Sapo.pt

Comente este artigo

O artigo Agricultores familiares podem inscrever-se na próxima semana em plataforma para acesso a apoios foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior Governo lança programa “Queima segura” que obriga ao acompanhamento das queimas
Próximo Ministro da Agricultura admite estar preocupado com “espetro de seca”

Artigos relacionados

Últimas

EDIA lança concurso para o maior projeto fotovoltaico flutuante da europa

A EDIA prepara-se para lançar um procedimento contratual para o fornecimento, instalação e licenciamento de 10 Unidades de Produção […]

Últimas

“Invasão” de culturas intensivas no Alqueva gera receios. Agricultores dizem que medos são infundados

[Fonte: SAPO 24]
A “invasão” do Alentejo por culturas intensivas “atraídas” pelo regadio do Alqueva está a gerar polémica, […]

Últimas

Insolvências de empresas sobem 2% em maio

[Fonte: Dinheiro Vivo – empresas]
As insolvências de empresas em Portugal aumentaram 2% em maio, mas recuaram 2,6% no acumulado do ano, […]