Agosto de 2021: Quente e Seco em Portugal Continental

Agosto de 2021: Quente e Seco em Portugal Continental

Agosto de 2021 | Quente e Seco em Portugal Continental

O mês de agosto de 2021 foi o 3º mais quente a nível Global (igual a 2017), enquanto na Europa foi próximo do valor normal 1991-2020 (Fig. 1).

Na Europa
Apesar de o agosto ter registado um valor próximo do valor médio houve, no entanto, variações de temperatura significativas em todo o continente: o sul e o leste da Europa tiveram condições mais quentes do que a média, enquanto o norte da Europa teve condições mais frias do que a média. Durante a onda de calor no sul da Europa, foi registada a temperatura de 48.8 °C no dia 11 de agosto de 2021 na Sicília, Itália. Este valor de temperatura irá ainda ser validada pela OMM mas poderá ser a mais alta já registada no continente Europeu.

Em relação à precipitação na Europa em agosto verificaram-se condições mais húmidas do que a média na Europa central, na região do Báltico e nas regiões russas e turcas do Mar Negro. Por outro lado a maior parte do sul da Europa apresentou condições mais secas do que a média.

Em Portugal Continental
O mês de agosto de 2021 classificou-se como quente e seco (Fig. 2).

O valor médio da temperatura média do ar, 22.61 °C, foi +0.46 °C superior ao valor normal 1971-2000.

O valor médio de temperatura máxima do ar, 29.99 °C, foi superior ao valor normal, com uma anomalia de +1.19 °C e o valor médio de temperatura mínima do ar, 15.23 °C, foi inferior ao valor normal com uma anomalia de -0.27 °C.

Durante o mês de destacar o período entre 10 e 17 de agosto, com valores sempre acima do valor normal, em particular a temperatura máxima que nos dias 13 a 15. Durante este período ocorreu uma onda de calor com duração entre 6 e 9 dias nas regiões do interior Norte e Centro, Vale do Tejo e em alguns locais do Alentejo.

O valor médio da quantidade de precipitação em agosto, 3.8 mm, foi inferior ao valor normal 1971-2000, correspondendo a 28 % e sendo o 5º valor mais baixo desde 2000 (mais baixo em 2010, 1.2 mm).

No final do mês de agosto 78% do território estava em situação de seca meteorológica. Verificou-se um aumento da área em seca meteorológica, estendendo-se às regiões do interior Norte e Centro, assim como um aumento da intensidade com a classe de seca moderada a abranger agora quase toda a região Sul e alguns locais dos distritos de Setúbal, Lisboa e Bragança. O sotavento Algarvio continua na classe de seca severa.

Imagens associadas

  • Figura 1: Anomalias da temperatura média do ar no mês de agosto de 2021 (período 1991-2020), ECMWF

    Figura 1: Anomalias da temperatura média do ar no mês de agosto de 2021 (período 1991-2020), ECMWF

  • Figura 2: Temperatura do ar e precipitação no mês de agosto (período 1931 – 2021)

    Figura 2: Temperatura do ar e precipitação no mês de agosto (período 1931 – 2021)

O artigo foi publicado originalmente em IPMA.

Veja a previsão do tempo e a melhor altura para pulverizar na nossa página de Meteorologia powered by Syngenta.

Comente este artigo
Anterior Lagoa cria Gabinete de Apoio ao Agricultor
Próximo Açores: “Extinção da Direção de Serviços de Conservação da Natureza representa mais gastos para o Governo”, alerta João Vasco Costa

Artigos relacionados

Eventos

Município de Trancoso promove “Dia Aberto do Castanheiro” – 26 de abril

O município de Trancoso vai organizar, no dia 26 de abril, uma segunda-feira, mais um “Dia Aberto do Castanheiro”, com o tema “Enxertia em Castanheiros”. […]

Últimas

Svenska Skogsplantor pára de usar tratamentos químicos no pinho


Svenska Skogsplantor pára de usar tratamentos químicos no pinho
A Svenska Skogsplantor (SSP) decidiu deixar de usar pesticidas químicos contra o gorgulho do pinheiro nas plantas dos seus viveiros. […]

Dossiers

Estudo feito no Alentejo revela que a Esteva pode ter benefícios na alimentação dos animais

Uma investigação do Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo (CEBAL) sobre a Esteva” aponta para vários benefícios na […]