ADP Fertilizantes dinamiza fábrica de Setúbal com nova unidade de produção

ADP Fertilizantes dinamiza fábrica de Setúbal com nova unidade de produção

A ADP Fertilizantes acaba de transferir a sua fábrica de produção de líquidos claros (Nutrifluid), e foliares (Tecnifol e Profertil), de Alverca para a região de Setúbal. Para além da melhoria das instalações e das suas condições de produção importa destacar, entre outras, vantagens como a mais recente tecnologia de filtragem de adubos líquidos claros, a facilidade na distribuição e logística, e uma maior capacidade de produção e armazenamento, ao permitir produzir maior diversidade de produtos de forma mais célere.

Neste âmbito e, de forma a apresentar esta nova unidade de produção, a ADP vai promover, até ao final do ano, algumas visitas com alguns dos seus clientes. Estas iniciativas inscrevem-se no âmbito da política de apoio técnico da empresa aos agricultores e distribuidores, tendo em vista facilitar todo o seu processo de planeamento e operacionalização no campo da fertilização. A disponibilidade para aconselhar, ouvir e auxiliar as necessidades dos produtores, são fatores chave que a ADP Fertilizantes valoriza e que continuam a fazer a diferença e a ditar um serviço comercial de referência.

Para António Santana Fernandes, Diretor Comercial da ADP

Com a mudança da fábrica, passamos a dispor de uma unidade mais competitiva, mais inovadora e melhor preparada para fazermos face às crescentes exigências do mercado. Por outro lado, ao promovermos estas visitas estamos mais próximos dos distribuidores e conseguimos auscultar as suas necessidades e preocupações no que concerne o seu negócio.”

A ADP Fertilizantes tem vindo a apostar tanto nas novas tecnologias relacionadas com a fertilização, como na proximidade permanente com os distribuidores e agricultores.

Comente este artigo
Anterior Morreu José Andrade, ex-presidente da CAP
Próximo 6º Concurso Nacional da CAP – Prémios melhores jovens agricultores – 29 de Maio 2018

Artigos relacionados

Sugeridas

APROLEP: Desafio 2019 – Aumentar o preço do leite ao produtor

[Fonte: APROLEP]
2018 foi mais um ano difícil para os produtores de leite em Portugal. Assistimos à implementação da rotulagem da origem do leite, mas ainda não vimos o resultado dessa opção no rendimento dos agricultores. Sentimos um aumento da procura de leite por parte das grandes superfícies comerciais que procuram garantir o abastecimento regular das suas lojas com leite nacional, […]

Sugeridas

Redução de custos de produção e de emissões de CO2 são prioridades para o setor leiteiro

[Fonte: Vida Rural]
Acaba de ser lançado o Dairy4Future, um projeto que conta com o contributo de 12 das principais regiões produtoras de leite da União Europeia, envolvendo cerca de uma centena de explorações.  Numa nota enviada às redações, […]

Sugeridas

Organizações de Produtores, a eliminação de uma medida que fazia a diferença – Domingos dos Santos

Nos últimos tempos muito se tem falado de organizações de produtores, mas pouca importância se tem dado a esta forma de organizar a produção agro-pecuária.
A figura das Organizações de produtores surge como um mecanismo de compensação em relação às negociações da Organização Comum dos Mercados para as Frutas e Legumes e foi-se estendendo a outras fileiras. […]