Açores: inaugurado investimento de 300 mil euros no caminho rural da Serra do Cume

O secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, afirmou que o caminho rural da Serra do Cume, hoje inaugurado, 23 de Outubro, na Ilha Terceira, “é a prova de que o Governo dos Açores continua a cumprir as suas promessas” e a investir para melhorar as condições de trabalho dos agricultores, reduzir custos de produção e capacitar o sector para os desafios do futuro.

“Este é mais um momento simbólico e de cumprimento de um compromisso assumido com os agricultores da Ilha Terceira, as suas associações representativas e com o concelho da Praia da Vitória, sendo que esta é uma via importante tanto do ponto de vista agrícola, como turístico”, referiu João Ponte, que falava na inauguração deste caminho rural, que representa um investimento de 300 mil euros e beneficia directamente 60 explorações agrícolas.

2.º dia de visita à Ilha Terceira

No segundo dia da visita do Governo à Ilha Terceira, João Ponte considerou que este tipo de investimentos nas infraestruturas agrícolas, que o Governo dos Açores está a realizar em todo a Região, são “extremente importantes para capacitar o sector e reforçar a competitividade das explorações agrícolas”.

“Só na Ilha Terceira, este ano, o Governo Regional vai investir em infraestruturas agrícolas 2,1 milhões de euros, o que dá bem nota da aposta que está a ser feita em caminhos, no abastecimento de água e na electrificação das explorações”, frisou João Ponte, acrescentando que, nesta legislatura, foram electrificadas 40 explorações, permitindo que 40% do leite produzido seja refrigerado, o que se traduz em mais rendimento para os produtores.

O peso da agricultura

Para o governante, este tipo de investimento justifica-se, desde logo, pela importância da agricultura na Ilha Terceira, que representa 25% do leite recolhido na Região e 30% da produção de carne bovina.

Por outro lado, nos últimos anos foram aprovados, no âmbito do actual Quadro Comunitário de Apoio, 300 projectos de modernização de explorações agrícolas na Ilha Terceira, num investimento global de quase 40 milhões de euros, e entraram para a agricultura 70 jovens, cujos projectos de primeira instalação foram apoiados, o que dá bem nota do dinamismo e da confiança no futuro deste sector.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Produção de castanhas prejudicada pela falta de chuva
Próximo Pragas e Doenças & Podas em Montado - num contexto de alterações climáticas - 7 de novembro - Mora

Artigos relacionados

Nacional

Capoulas aprova 6 novos projectos de regadio. Investimento de 17,6 milhões de euros

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, no âmbito do Programa Nacional de Regadios, anunciou hoje, 27 de Setembro, […]

Eventos

Webinar: Certificação de Projecto FSC – Perspetivas na construção sustentável – 22 de maio

No próximo dia 22 de Maio, o FSC Portugal e o FSC Espanha promovem um encontro ibérico virtual para debater a necessidade da certificação FSC no […]

Dossiers

PDR2020 em contacto consigo

A atual situação de emergência nacional e internacional em que mergulhámos há oito meses, e que se deverá prolongar por outros tantos meses no próximo ano, […]