Açores autoriza excepcionalmente caça no dia 5 de Outubro devido às legislativas

A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, através da Direcção Regional dos Recursos Florestais, anunciou hoje, 30 de Setembro, que será excepcionalmente permitido caçar nos Açores no dia 5 de Outubro, uma vez que no domingo, 6 de Outubro, decorrem as eleições legislativas e, por lei, é proibido o exercício da caça em dias de actos eleitorais.

De acordo com uma portaria hoje publicada em Jornal Oficial, no dia 5 de Outubro continuará a ser proibida a caça para as mesmas espécies e nos mesmos termos do que está previsto para o domingo, de acordo com o disposto no calendário venatório de cada ilha.

Decisão não implica aumento do esforço de caça

Esta substituição não implica, portanto, nenhum aumento no nível do esforço de caça, pelo que não colocam em causa os princípios da gestão sustentável dos recursos e da actividade cinegética.

Com esta alteração, os caçadores não serão penalizados no número de dias definidos através dos cadernos venatórios de ilha para o exercício da caça.

Além da portaria, a Direcção Regional dos Recursos Florestais emitiu um comunicado a informar a população, em geral, e os caçadores, em particular, de que está interdita a caça nos Açores no dia 6 de Outubro devido à realização das eleições legislativas.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior FPAS organizará Congresso OIPORC em 2020 - 14 a 16 de maio - Montijo
Próximo Prevenção contra a Peste Suína Africana

Artigos relacionados

Últimas

COMISSÃO JUSTIÇA E PAZ DA ARQUIDIOCESE DE ÉVORA PREOCUPADA COM O DESPOVOAMENTO E A MIGRAÇÃO NO ALENTEJO

A nomeação desta comissão tem como objetivo principal assessorar e aconselhar o Arcebispo de Évora, sobre assuntos relacionados com a justiça e a paz que ocorram fundamentalmente dentro da área geográfica correspondente à […]

Nacional

Reviver os Verões passados…

Chegaram os fogos florestais. Mais uma vez vão sair, tal como este, dezenas de comentários nos órgãos de comunicação social e nas denominadas redes sociais, […]

Dossiers

“Beja foi o distrito que recolheu mais embalagens de produtos fitofarmacêuticos”

António Lopes Dias, Diretor Geral do Valorfito
O ano de 2018 destaca-se por ser o ano em que o Valorfito recolheu mais de metade das embalagens de produtos fitofarmacêuticos – 52% – superando os valores do ano anterior e com uma subida expressiva da quantidade de resíduos recolhidos (perto de 4 toneladas), […]