Aconselhamento Agrícola e florestal articula melhorias e novas oportunidades

Aconselhamento Agrícola e florestal articula melhorias e novas oportunidades

ACOS cria mais um serviço técnico de apoio aos sócios

A ACOS iniciou, recentemente, a prestação do Serviço de Aconselhamento Agrícola e Florestal. Os sócios da ACOS beneficiam de mais um serviço técnico especializado com vista à melhoria das condições no desenvolvimento da sua atividade agrícola ou florestal.

A ACOS – Agricultores do Sul é entidade Reconhecida pela Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR) como entidade prestadora do Serviço de Aconselhamento Agrícola e Florestal. Este serviço, desenvolvido em parceria com a CAP – Confederação de Agricultores de Portugal, é gratuito e destina-se a agricultores no ativo e a Jovens Agricultores em instalação, com projeto aprovado. No caso dos Jovens Agricultores este serviço pode substituir a formação complementar obrigatória.

O novo Serviço consiste em fornecer orientações aos agricultores relativas aos requisitos exigidos no âmbito do PDR2020 de forma a estarem aptos a receber os apoios comunitários. O foco deste serviço é aconselhar, identificar e orientar na perspectiva da melhoria contínua de recursos e na proteção do ambiente.

A ACOS integra nos seus quadros vários técnicos executores de aconselhamento agrícola e florestal. O Serviço de Aconselhamento Agrícola e Florestal integra as seguintes áreas temáticas: Condicionalidade; Segurança no trabalho; Práticas agrícolas benéficas para o clima e o ambiente; Manutenção da superfície agrícola; Medidas de proteção à qualidade da água; Utilização sustentável de produtos fitofarmacêuticos; Medidas ao nível da exploração agrícola ou florestal; Primeira instalação de jovens agricultores; Requisitos mínimos das medidas agroambientais; Plano de gestão florestal; Defesa da floresta; Certificação florestal; Conservação da natureza.

A criação do Serviço de Aconselhamento Agrícola e Florestal é mais uma aposta da ACOS num serviço de proximidade ao agricultor, assegurando um esclarecimento integrado e articulado para um melhor cumprimento das normas aplicáveis às explorações agrícolas.

Comente este artigo
Anterior Ministério da Agricultura antecipa pagamentos de 471 milhões
Próximo Syngenta renova imagem do seu blog “Alimentar com Inovação”

Artigos relacionados

Comunicados

Rinskor™ Active, substância ativa da Corteva Agriscience™, recebe a aprovação da UE

Rinskor™ Active constitui um modo de atuação alternativo para o controlo das ervas daninhas do arroz, que juntamente com o seu perfil ambiental e toxicológico favorável, ajudará os agricultores a produzir de forma eficiente e respeitadora do meio ambiente. […]

Sugeridas

GMOinfo.eu disponibiliza informação factual sobre OGMs na sua própria língua

Informação baseada em factos científicos sobre Organismos Geneticamente Modificados (OGM) e Agrobiotecnologia na Europa pode ser difícil de encontrar, especialmente noutras línguas para além do Inglês. Em vez disso, existem muitas percepções equivocadas sobre uma tecnologia fascinante que revolucionou a alimentação e a agricultura em grande parte do mundo desenvolvido e em desenvolvimento. […]

Comunicados

A promising step forward in the debate on the Renewable Energy Directive

[Fonte: Farm Europe]
Farm Europe’s Green Energy Platfrom welcomes the opinion approved yesterday by the agricultural committee of the European Parliament on the Renewable Energy Directive. This opinion, going beyond ideology and traditional political barriers is a clear recognition of the capacity of the European Agricultural sector to act as a sustainable energy provider. […]