Acibev tem novos órgãos sociais

Acibev tem novos órgãos sociais

A Associação de Vinhos e Espirituosas de Portugal (Acibev) elegeu recentemente os órgãos sociais para o triénio 2020-2023. Jorge Monteiro, em representação da Aveleda, foi eleito como novo presidente da Direcção da Acibev, sucedendo a George Sandeman, que ocupou o cargo nos últimos três mandatos.

Licenciado em Engenharia Electrotécnica pela Universidade do Porto, complementada por pós-graduações em diversas áreas, Jorge Monteiro foi gestor de participações numa sociedade de capital de risco, director-geral do Business and Innovation Centre do Porto, director executivo da Associação Portuguesa de Gestão e Engenharia Industrial (APGEI) e, em 1996, tornou-se vice-presidente da Comissão de Coordenação da Região Norte (CCRN) e, em simultâneo, gestor do Programa de Desenvolvimento do Douro (Prodouro), explica um comunicado da Acibev. Em 1999, Jorge Monteiro [na imagem em baixo] assumiu a direcção do Instituto dos Vinhos do Porto (IVP) – actual Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP) – e, após uma passagem num conjunto de empresas nas áreas da produção e transformação de produtos agrícolas, regressou ao sector dos vinhos em 2011, para assumir a presidência da ViniPortugal, cargo que exerceu até Maio de 2020.

António Soares Franco, em representação da José Maria da Fonseca, continua como presidente da Assembleia Geral, João Roquette, em representação do Esporão, assumiu a presidência do Conselho Fiscal, e Ana Isabel Alves, secretária geral da Acibev nos últimos 12 anos, torna-se directora executiva. Licenciada em Direito, Ana Isabel Alves tem uma vasta experiência no sector do vinho, representa a Acibev nas suas federações em Bruxelas, é perita no Grupo de Diálogo Civil Vinho – órgão consultivo da Comissão Europeia – e faz parte da Comissão Executiva do Fórum Nacional Álcool e Saúde e da Comissão Nacional da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) em Portugal.

A nova Direcção inclui também Eduardo Medeiro (Bacalhôa) e Maria José Viana (Enoport), como vice-presidentes, assumindo a função de vogais Catarina Coelho (Borges), Francisco Tovar (Heritage Wines), Luís Vieira (Parras Wines), Luísa Amorim (Quinta Nova), Miguel Pessanha (Sogrape) e Pedro Pereira Gonçalves (Monte da Ravasqueira). A Acibev é a associação empresarial, de âmbito nacional, que «representa uma parte significativa do volume de negócios do sector – produção, distribuição e comércio de vinhos e bebidas espirituosas bem como vinagres e destilação de produtos vínicos –, sendo que os seus associados têm um volume de negócios anual de mais de 600 milhões de euros, 50% dos quais gerados através da exportação.

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas, Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Conversa solta Agro Santander: Jovens Agricultores
Próximo InovCluster disponibiliza 1 milhão de euros para qualificação de PMEs

Artigos relacionados

Nacional

Mexia: no Fridão “estou disponível para construir a casa”

O presidente executivo da EDP, António Mexia, afirmou hoje no Parlamento que a eléctrica está ainda disponível para assinar o contrato de concessão da barragem do Fridão, […]

Nacional

O vinho português que provocou lágrimas no The Wine Show

Por breves momentos – uns vinte minutos bem medidos –, James Purefoy (Marco António na série de televisão Rome e serial killer em The Following) e Joe “Obi-Wine-Kenobi” […]

Eventos

Agro Vieira: Vieira do Minho mantém feira agrícola – 5 a 7 de junho

Feira agrícola de Vieira do Minho vai, para já, manter-se na data marcada. […]