Acções de estabilização de emergência pós incêndio

Acções de estabilização de emergência pós incêndio

O Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), os Municípios de Lousã, Tondela, Covilhã, Pampilhosa da Serra, Trancoso, Vila Real e Gouveia, a GNR- GIPS e a ANPC – (Força Especial de Bombeiros), vão levar a cabo um conjunto de ações de estabilização de emergência nos terrenos afetados pelos incêndios deste verão.

Trata-se de um conjunto de medidas a curto prazo que têm como objetivo o controlo de erosão e o tratamento e proteção de encostas através de:

  • Corte e processamento de resíduos florestais
  • Instalação de barreiras de resíduos florestais, troncos e outros
  • Abertura de regos segundo curvas de nível

As ações vão decorrer entre os dias 13 e 22 de dezembro, de acordo como seguinte calendário:

Lousã – dias 13 e 14 dezembro (Perímetro Florestal da Serra da Lousã)

Tondela – dias 14 e 15 dezembro (Perímetro Florestal do Caramulo)

Covilhã – dias 18,19 e 20 dezembro (Perímetro Florestal da Serra da Estrela – Núcleo de Cortes do Meio e Pólo da UBI)

Pampilhosa da Serra – dias 19 e 20 dezembro (Perímetro Florestal da Pampilhosa da Serra)

Trancoso – dias 19 e 20 dezembro (Perímetro Florestal da Serra do Pisco)

Vila Real – dias 20 e 21 dezembro (localização a definir)

Gouveia – dias 20, 21 e 22 dezembro (Perímetro Florestal da Serra da Estrela-Núcleo de Gouveia)

Comente este artigo
Anterior Extendido: Debate  sobre a governança comunitária de florestas nos países de língua portuguesa - até 23 de Dezembro 2017
Próximo Primeira participação da InovCluster na Marocco FoodExpo

Artigos relacionados

Nacional

ADACO-associação distrital dos agricultores de Coimbra manifestam-se amanhã junto à DRAPC

Amanhã , terça-feira dia 28 de Novembro pelas 10H30, as delegações de Agricultores e Produtores Florestais de  vários Concelhos do Distrito de Coimbra afectados pelos incêndios, concentram-se em Coimbra em frente à DRAPC.
Os afetados com os incêndios entre Julho e  Outubro de 2017 consideram insuficientes as medidas de apoio anunciadas pelo  Governo, […]

Últimas

CDS-PP propõe apoios aos agricultores para atenuar efeitos da seca

[Fonte: Público]

A falta de chuva e as temperaturas elevadas em Abril fizeram aumentar o índice de seca em Portugal continental

A criação de uma linha de crédito e a isenção da taxa de recursos hídricos são duas das medidas que o CDS-PP propõe para minimizar o impacto da seca na agricultura. […]

Últimas

Reforma florestal só virada para o interior, diz bióloga Helena Freitas

A reforma da floresta é imprescindível, mas só faz sentido se for feita de forma integrada e em função de uma leitura e de uma estratégia integrada do território interior, sustenta a bióloga Helena Freitas.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_6 span,#wpdevar_comment_6 iframe{width:100% !important;} […]