Academia do Vinho Verde lança formação por videoconferência

Academia do Vinho Verde lança formação por videoconferência

A Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) anunciou hoje “um programa gratuito de formação online” para os meses de janeiro, fevereiro e março, com mais de uma dezena de videoconferências (webinars).

O programa abrangerá diferentes áreas, destinando-se “a produtores de vinho verde e ao público em geral, e os “webinars” foram concebidos para serem uma “resposta formativa em tempo de confinamento” imposto pela pandemia de covid-19.

A iniciativa é da responsabilidade direta da Academia do Vinho Verde, um serviço da CVRVV que tem como objetivo promover a “aquisição e disseminação do conhecimento em várias áreas relevantes para a Região dos Vinhos Verdes”.

“A Academia do Vinho Verde tem registado uma procura crescente em diversas áreas ao longo do último ano, sendo que em 2020 formámos mais de mil participantes”, referiu o presidente da Comissão.

Manuel Pinheiro acrescentou que a realidade de um novo confinamento motiva a Academia a “assegurar uma resposta eficaz online com uma oferta diversificada” e a reforçar as áreas de competência da CVRVV junto dos agentes económicos, ampliando a sua ação em articulação com formadores de outras áreas que contribuem para o crescimento e afirmação da Região.

Os inscritos, até um máximo de 40, podem participar em formações relacionadas com enoturismo, enologia, viticultura, marketing digital, certificação e comunicação online e com a imprensa, de acesso gratuito com duração de cerca de duas horas por sessão.

A primeira videoconferência será já na quarta-feira e intitula-se “Como trabalhar eficientemente com a plataforma de inscrições do Marketing da CVRVV”. Seguir-se-á, no dia 22, uma sessão sobre “Como planear as visitas do enoturismo”, que já se encontra esgotada.

Comente este artigo
Anterior Sector do vinho contesta a proibição de venda de bebidas alcoólicas - Paulo Amorim
Próximo Subida do rio Búzi continua a engolir campos agrícolas no centro de Moçambique

Artigos relacionados

Nacional

Covid-19: Governo disponibiliza 3 ME do IVDP para armazenamento de vinho do Porto

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, esteve hoje reunida, em Lisboa, com membros do conselho interprofissional do IVDP para […]

Últimas

Só 14% das empresas pagam a tempo e horas

Construtoras e empresas agrícolas e de outros recursos naturais são os piores pagadores, com prazos acima de 100 dias. Energia e Ambiente e alojamento e restauração são os que pagam mais cedo. […]

Últimas

Dia Mundial da Biodiversidade. Intermarché e Técnico juntos na preservação de sobreiros e azinheiras

O projeto piloto – Life Food Biodiversity – tem como objetivo a regeneração natural do montado, o que irá promover uma rendibilidade adicional de […]