51ª Edição da AGRO arranca a 10 de maio de 2018

51ª Edição da AGRO arranca a 10 de maio de 2018

A  AGRO – Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação vai realizar-se de 10 a 13 de maio de 2018. Será a primeira feira a realizar-se no novo Parque de Exposições de Braga, que será inaugurado no segundo trimestre do próximo ano.

A 51ª edição da AGRO terá uma programação especial pois será a primeira grande feira a ser realizada nas revitalizadas instalações do novo Parque de Exposições de Braga – o espaço contará com mais e melhores infraestruturas para a realização de eventos desta natureza. O programa prevê que ao longo dos quatro dias do evento sejam realizadas conferências, seminários e espetáculos, entre muitas outras atividades. Tudo isto para ir ao encontro dos interesses e das necessidades dos visitantes, sejam eles agricultores, criadores de gado, produtores, importadores, armazenistas e revendedores dos setores agroalimentar e pecuário, especialistas nacionais e estrangeiros destes setores ou mesmo do público em geral.

“A AGRO é uma das mais importantes montras da agricultura portuguesa e vai continuar a apoiar e a divulgar aquilo que de melhor se faz no setor agroalimentar. Acreditamos que com a revitalização do novo Parque de Exposições de Braga todos os expositores, participantes e visitantes terão melhores condições para tirarem o melhor proveito das atividades previstas para esta edição da AGRO”, explica Carlos Oliveira, Presidente da InvestBraga. O mesmo responsável acrescenta que a preparação desta feira é feita com muitos meses de antecedência, estando já a organização a preparar a edição da AGRO de 2019.

Organizada pela InvestBraga, a AGRO assumiu grande relevância e dimensão ao longo das últimas décadas e é, atualmente, a maior feira do setor primário do Norte do país e da Galiza. É também a única feira, a nível nacional, que faz parte da EURASCO (European Federation of Agricultural Exhibitions and Show Organizers).

Comente este artigo
Anterior Produção agrícola recuou 2,8% em 2016 na UE e 2,5% em Portugal
Próximo Os Desafios do Crescimento na Produção de Espumante de Qualidade - 23 de Novembro 2017- Anadia

Artigos relacionados

Nacional

Ásia e a Oceânia vão representar 56% das compras mundiais de frutas e legumes em 2030 – Suplemento AgroVida

Fonte [Vida Económica]
Contrariamente ao período entre 2010 e 2017, em que as exportações portuguesas de frutas e legumes cresceram, em média, acima de 10% ao ano em valor, passando de 780 milhões de euros para 1472 milhões, nos primeiros meses de 2018 “não houve crescimento das exportações, […]

Notícias florestas

Consulta Pública – 2B_Forest_Group

[Fonte: 2BForest]

Comente este artigo
#wpdevar_comment_3 span,#wpdevar_comment_3 iframe{width:100% !important;}O artigo Consulta Pública – 2B_Forest_Group foi publicado originalmente em 2BForest. […]

Comunicados

Climate change threatens the rice crops of the Mediterranean

Two thirds of the rice consumed in Europe is produced inside the continent’s borders. In the Mediterranean basins, climate change is leading to temperature increases and more frequent and severe periods of drought, affecting water quality and reducing river flow. […]