50.ª Edição da AGRO arrancou hoje com a presença do ministro da Agricultura

50.ª Edição da AGRO arrancou hoje com a presença do ministro da Agricultura

A 50.ª edição da AGRO – Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação arrancou hoje, no Parque de Exposições de Braga, com a presença do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos. O certame, organizado pela InvestBraga, é o mais importante do setor primário da região do Norte do país e da Galiza e conta com uma programação especial comemorativa pelas 50 edições.

No seu discurso, o ministro da Agricultura agradeceu à organização o convite para participar na comemoração das 50 edições da AGRO e revelou o desejo de que o certame se continue a afirmar no noroeste peninsular, “acentuando cada vez mais a sua vertente internacional, isto porque a grande aposta da agricultura portuguesa incide, precisamente, na internacionalização”.

Já o presidente da InvestBraga, Carlos Oliveira, afirmou que “a AGRO existe e é organizada com o objetivo de apoiar e promover o crescimento e desenvolvimento dos setores da agricultura, pecuária e agroalimentar”. Um objetivo que Carlos Oliveira considera que tem vindo a ser cumprido, tornando a AGRO “a maior feira do setor primário da região do Norte do país e da Galiza e uma das maiores a nível nacional”.

O primeiro dia da 50.ª edição da AGRO foi dedicado à Galiza e contou, por isso, com as presenças da delegada do Governo da Galiza em Ourense, Marisol Diaz Mouteira, do presidente do Instituto Ourenseano de Desarrollo Económico e vice-presidente do Governo Provincial, Rosendo Fernández, e do diretor-geral da Expourense e presidente da Associação Galega de Feiras e Eventos, Alejandro Rubin Carballo.

Durante a visita oficial, após a inauguração da AGRO, Rosendo Fernández, entregou ao presidente da InvestBraga, no stand da Expourense, uma placa comemorativa do Dia da Galiza, por ocasião do 50.º aniversário da AGRO.

Com cerca de 250 expositores, as principais novidades da 50.ª edição da Agro são a realização, amanhã, de uma Grande Conferência, com o apoio do Crédito Agrícola, durante a qual serão debatidos temas decisivos para o setor, tais como a Política Agrícola Comum, a Reforma da Floresta, o futuro da viticultura, o financiamento do setor agrícola e da indústria agroalimentar, empreendedorismo e inovação e a internacionalização da agricultura e da indústria agroalimentar; e a Grande Gala 50.ª AGRO, que se realiza também amanhã, com o apoio da Mercedes-Benz/Carclasse, e onde serão distinguidas personalidades e entidades que se têm destacado no setor e que conta com a atuação de Aurea.

Na área exterior, ainda na sexta-feira, pelas 21:30, sobe ao palco Daniel Pereira Cristo.

Considerada a maior feira do setor na região Norte de Portugal e uma das maiores a nível nacional, a AGRO é a única do país a integrar a Eurasco – European Federation of Agricultural Exhibitions and Show Organizers. A AGRO faz ainda parte das feiras acreditadas pela UFI – The Global Association of the Exhibition Industry, e a 50.ª edição do certame conta com a presença de um representante desta associação.

→Programa_2017←

→Grande Conferência 50.ª AGRO_Crédito Agrícola←

 

 

Comente este artigo
Anterior Sessão de Internacionalização das Empresas - 24 de Março 2017 - Castelo Branco
Próximo Acção de informação do Projecto Melhor Eucalipto - 31 de Março 2017 - Santiago de Cacém

Artigos relacionados

Nacional

Incubadora de Base Rural de Guimarães abre candidaturas a partir de 13 de Dezembro

A Incubadora de Base Rural de Guimarães (IBR Guimarães) abre candidaturas a partir de 13 de dezembro para todos os empreendedores que desejem desenvolver a sua ideia ou plano de negócio de base rural no concelho. […]

Últimas

Incêndios: Extinto fogo que deflagrou na Calheta há três dias

De acordo com a informação disponibilizada pelas 17:00 na aplicação para telemóvel do Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira, os meios destacados para este incêndio, […]

Dossiers

Políticos que criticam execução do PT 2020 “não conseguiram realizar pagamentos às empresas”, diz Nelson de Souza

O ministro do Planeamento reiterou esta sexta-feira que Portugal está no “pelotão da frente” na execução do programa PT 2020 e vincou que os políticos que criticam estes dados não conseguiram, […]