Garantido alimento para as colmeias sobreviventes aos incêndios

Garantido alimento para as colmeias sobreviventes aos incêndios

Os apicultores das zonas afetadas pelos incêndios podem, a partir de dia 15 de novembro, recorrer a ajudas para alimentação das colmeias localizadas nas áreas ardidas e cuja sobrevivência se encontra ameaçada. A Federação Nacional dos Apicultores de Portugal (FNAP) estima que estejam nesta situação um efetivo de 110.615 colmeias.

Na sequência dos incêndios ocorridos em 2017, a FNAP e as organizações de apicultores suas filiadas, têm vindo alertar para a necessidade de apoiar as explorações apícolas das zonas afetadas, cujo futuro se encontra ameaçado, devido às perdas de efetivo e à escassez de pastagem que se fará sentir até ao início da Primavera seguinte.

Consequência do acompanhamento desta situação pelo Ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Florestas, foi assegurado o fornecimento de 100 toneladas de açúcar para alimentar as colmeias localizadas nas áreas ardidas e cuja sobrevivência se encontra ameaçada. Esta medida de apoio foi anunciada na passada terça-feira pelo Secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e das Floretas, Eng. Miguel Freitas, na Sessão de Abertura do X Encontro de Apicultura do Algarve, e confirmada pelo Sr. Ministro da Agricultura, Dr. Luis Capoulas Santos em entrevista dada na quinta-feira, onde também realçou a importância da apicultura enquanto atividade económica fulcral para o desenvolvimento das zonas rurais, mas também como atividade potenciadora da regeneração natural da flora e dos habitats das áreas afetadas pelos incêndios.

O exaustivo levantamento feito pelas organizações de apicultores locais permitiu identificar 2.245 explorações cujo futuro se encontra ameaçado total ou parcialmente, no que totaliza um efetivo de 110.615 colmeias.

A partir de dia 15 de novembro, podem estes apicultores contactar com a organização de apicultores local, de forma a receber este apoio essencial para a sobrevivência da sua exploração, bem como para o furo do sector apícola nacional.

Mais informações: www.fnap.pt

Comente este artigo
Anterior Afrucat: España debe reducir un 15 % la superficie de melocotoneros y nectarinas
Próximo Tertúlias do Montado na Herdade da Mitra -15 de Novembro - Évora

Artigos relacionados

Últimas

14 milhões para infraestruturas afetadas pelos incêndios


Os sete municípios do Pinhal Interior afetados pelos incêndios que deflagraram em junho, em Góis e Pedrógão Grande, vão contar com uma linha de apoio de 14 milhões de euros para restabelecimento de infraestruturas básicas.O Programa Centro 2020 abriu ontem um concurso, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), […]

Últimas

Apresentação de regadio de Óbidos

Associação de Beneficiários dos Planos de Rega das Baixas de Óbidos elaboram um comunicado sobre a situação de regadio de Óbidos .
A Agricultura foi durante muitos anos uma actividade marginalizada, conseguiu contudo resistir a políticas destrutivas por parte de alguns governos, ainda assim, o empresário agrícola conseguiu, […]

Nacional

VI Jornadas Técnicas da Batata em Coimbra

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]
 VI Jornadas Técnicas da Batata em Coimbra

A Escola Superior Agrária de Coimbra (ESAC), situada em Bencanta, Coimbra, recebe, a 28 de Março, a sexta edição das Jornadas Técnicas da Batata. Este evento é uma organização conjunta da Porbatata – Associação da Batata de Portugal, […]