Alimentação saudável – distribuição de fruta nas praias

Alimentação saudável – distribuição de fruta nas praias

Em plena época balnear, o Continente vai ao encontro dos portugueses, que se encontram a fazer praia, para lhes oferecer 24.000 peças de fruta. A iniciativa pretende sensibilizar a população para a importância do consumo de frescos e promover a adoção de uma alimentação saudável.

A ação já se encontra no terreno e decorre até dia 20 de agosto, passando pelas praias de Lisboa, Porto e Algarve, prevendo-se a oferta de 16.000 pêssegos e 8.000 mini tomates. A expectativa é que este ato simbólico contribua para posicionar a fruta como um alimento fundamental das marmitas de praia e como uma alternativa saudável aos conhecidos snacks de verão.

A ação promete refrescar os dias de praia de milhares de portugueses e enquadra-se na estratégia de comunicação dos Frescos Continente, que dá protagonismo à nova geração de produtores e consumidores. É também reveladora do empenho do Continente na sensibilização da sociedade para a importância de se adotarem hábitos de consumo saudáveis, uma causa que a insígnia abraça na qualidade de especialista na comercialização de produtos frescos.

*Calendário da distribuição de fruta:

 

 

Comente este artigo
Anterior Grupos Lusiaves e Crédito agrícola criam programa de apoio a produtores de milho
Próximo PDR2020 colocou a concurso 34% da dotação nas florestas

Artigos relacionados

Comunicados

Inscrições abertas para o IX Congresso da APDEA

Realiza-se de 15 a 18 de outubro em Lisboa e Oeiras, o evento com o tema A Agricultura e os desafios societais para o período 20-30, […]

Sugeridas

Presidente da Fundação Eugénio de Almeida faleceu

José Mateus Ginó, responsável máximo da Fundação Eugénio de Almeida (FEA), faleceu hoje (6 de agosto) depois de doença prolongada. A notícia está a ser avançada pela revista Vinhos Grandes Escolhas. […]

Notícias florestas

Navigator investe nos eucaliptos em Espanha devido a “restrições” e “hostilidade” em Portugal

[Fonte: Jornal de Negócios]

João Castello Branco diz que “alinhamento sobre a continuidade do grupo Semapa é enorme”. […]