2ª edição da MBIA TALK – Conhecimento, tecnologia e investimento como a base de uma agricultura de sucesso e com vocação exportadora

Lisboa, 25 de outubro de 2016 – A segunda Edição da MBIA Talk foi hoje palco de um painel de discussão subordinado ao tema “Estratégia e Gestão no Setor Agroindustrial Português”, que contou, entre outros, com a participação do Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação.

Com o objetivo de dar espaço à discussão de ideias sobre o setor agrícola, o apoio à inovação e ao empreendedorismo agroalimentar, esta segunda MBIA Talk ficou marcada pelo exemplo da Science4you, uma empresa de fora do setor onde a persistência, insistência e instinto do fundador foram evidenciadas pelo sales manager, Filipe Silveira, como os alicerces da empresa que se dedica ao desenvolvimento, produção e comercialização de brinquedos educativos e científicos. Alicerces que os quatro empreendedores participantes no “elevator pitch” também manifestaram.

Tendo em comum a atuação no setor agrícola, a Casa de Penalva, a Open PD, a Terra Pro e a Trigger.Systems apresentaram à plateia, composta por investidores, pessoas singulares e coletivas ligadas à agricultura e agroindustrial, entidades governamentais, regulatórias e parceiros institucionais MBIA (AICEP, ANJE, CAP, COTEC), o que oferecem ao mercado e o que os distingue e torna únicos.

Com o setor agrícola a ser responsável por 1/5 das exportações, Luís Castro Henriques, administrador da AICEP, dissertou acerca do investimento direto estrangeiro no primeiro setor e evidenciou as ferramentas e mecanismos que a sua organização dispõe e que estão ao serviço também dos empreendedores agrícolas.

Espaço privilegiado de discussão e inspiração sobre o empreendedorismo e inovação no setor agrícola e agroindustrial, esta segunda MBIA Talk, que se realizou no Hotel Palácio do Governador, teve um dos seus pontos altos durante o debate moderado pelo Diretor geral da COTEC, Jorge Portugal. Tendo como pares de conversa o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, Francisco Gomes da Silva, Docente do ISA, João Cortez de Lobão, Diretor da Sociedade Agrícola Herdade Maria da Guarda, e Luís Mira, Presidente da INOVISA, a MBIA Talks permite concluir que temos hoje uma nova agricultura, feita por pessoas que estão por vocação, que têm formação em áreas diversas, que aportam inovação e dinamismo a um setor que tradicionalmente dava emprego à geração seguinte da família.

Um posicionamento que em simultâneo traz sustentabilidade e conhecimento ao setor, e onde a resposta a problemas vem da universidade. Instituições que, de acordo com Francisco Gomes da Silva, “têm de abrir muros para maior colaboração”.

Com o Secretário de Estado a evidenciar otimismo quanto ao futuro da agricultura e a deixar dois desafios aos empreendedores agrícolas – internacionalização do setor e um maior equilíbrio da cadeia alimentar –, Luis Medeiros Vieira reforçou a necessidade de se definir uma estratégia para desperdiçar menos, para se aprender a comer melhor, sem nunca perder de vista que os destinatários das políticas públicas são os consumidores.

Declarações:

Segundo Estélio Sequeira, Diretor de Operações da McDonald’s Portugal: “Esta 2ª Edição MBIA Talk foi bastante positiva, penso que saímos todos deste encontro com uma sensação de otimismo em relação ao futuro da nossa agricultura. Portugal continua a exportar e representa hoje um enorme potencial que lhe pode permitir ganhar espaço num mercado global através de produtos que se distinguem principalmente pela sua qualidade de excelência. A MBIA tem na sua essência contribuir para acelerar o crescimento e inovação dos negócios agrícolas e, desta forma, contribuir para o desenvolvimento deste setor”.

Luís Mira da Silva, Presidente da Direção da INOVISA, afirma que “Em mais uma iniciativa da MBIA ficámos a conhecer casos de sucesso onde ficou visível a aplicação das novas tecnologias ao setor agroalimentar o que torna a agricultura mais sustentável, mais inovadora, mais virada para o exterior e mais rentável.”

 

MBIA

A MBIA – McDonald’s® Business Initiative for Agriculture – é uma iniciativa que visa promover o desenvolvimento do setor agrícola nacional. Procura fazê-lo através da geração e partilha de conhecimento e da criação de uma relação de colaboração e proximidade entre os agricultores e o universo do empreendedorismo nacional. Esta iniciativa nasce da visão de que a aproximação entre agricultores e a rede do empreendedorismo em Portugal contribuirá para acelerar o crescimento e inovação dos negócios agrícolas e, desta forma, contribuir para o desenvolvimento do setor. Com esta visão a MBIA pretende reforçar os agricultores portugueses com competências de gestão, através de iniciativas que visam este fim.

www.mbia.pt

 

Para mais informações, por favor, contatar:

GCI – Júlia Almeida

Tlm.: 96 167 87 80 | email: jalmeida@gci.pt

Comente este artigo
Anterior 3.º Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola - Provas Cegas decorrem já no final da semana
Próximo Press release - Plant health: MEPs step up fight against influx of pests to the EU

Artigos relacionados

Dossiers

98,4% dos produtos avaliados em Portugal estão em segurança, diz Relatório da EFSA

A última edição do estudo da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA), apresentado no passado dia 25 de Julho, confirma que os consumidores europeus continuam a poder contar com alimentos seguros. […]

Sugeridas

FENAREG propõe estratégia de longo prazo para o regadio em Portugal

Os regantes portugueses, representados pela FENAREG, apontam caminhos orientadores das políticas públicas de regadio até 2050, e propõem ações para modernizar o regadio em Portugal […]

Comunicados

Bairrada apresenta dois ‘Programas de Vindimas 2018’ na região demarcada

Com a Aliança Vinhos de Portugal e a Caves São Domingos
A tradição ainda é o que era! Afinal, na Bairrada, terra de grandes espumantes portugueses e de paisagens exuberantes, ainda se colhem as uvas à mão. Por isso, os produtores Aliança Vinhos de Portugal e Caves do Solar de São Domingos apostam em ofertas enoturísticos com enfoque nas vindimas. […]