​Carne de vacas doentes exportada pela Polónia pode ter chegado a Portugal

​Carne de vacas doentes exportada pela Polónia pode ter chegado a Portugal

Portugal foi um dos 10 países que recebeu carne de vacas doentes abatidas na Polónia. A informação é avançada pela agência Reuters que cita as autoridades veterinárias polacas.

Em conferência de imprensa, Pawel Niemczuk, responsável máximo da veterinária polaca, diz que 2.700 quilos de carne de vacas doentes foi exportada para um conjunto de 10 países: Roménia, Suécia, Hungria, Estónia, Finlândia, França, Espanha, Lituânia, Portugal e Eslováquia.

O caso veio a público no sábado, quando um canal de televisão revelou imagens captadas com câmara oculta que mostram animais doentes a serem abatidos, num matadouro situado na região de Mazóvia, a pouco mais de cem quilómetros de Varsóvia.

Nas imagens veem-se vacas que mal conseguiam manter-se de pé e que os trabalhadores, ao preparar a carne para vender, retiravam feridas, tumores e outros sinais de que a carne estava imprópria para consumo.

Contactada pela Renascença, fonte do Ministério da Agricultura garante que, depois de ter sido dado o alerta, a Direção-geral de alimentação e veterinária reforçou a fiscalização nos matadouros e que, até ao momento, não foi detetada carne contaminada.

A Polónia é um dos principais produtores de carne da União Europeia. Produz cerca de 560 mil toneladas de carne bovina por ano e vende 85% para o exterior.

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior Produzir betão com casca de arroz? É possível!
Próximo Programa de actividades na Fruit Logistica 2019

Artigos relacionados

Nacional

Projeto para reduzir resistência antimicrobiana na pecuária

O consórcio DISARM – Disseminating Innovative Solutions for the Management of Antibiotic Resistance apresentou um projeto para apoiar a implementação prática, […]

Últimas

Agricultores Portugueses de luto – CAP exige apuramento de responsabilidades

Reunida ontem em Lisboa, a Direção da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) fez uma primeira avaliação sobre a questão dos recentes incêndios rurais que arrasaram vastas áreas do território, […]

Nacional

ONU diz que alterações climáticas matam diariamente em Angola

“De acordo com a última avaliação feita pelo Ministério da Agricultura, temos as comunidades avaliadas nas três províncias do Cunene, Huíla e Namibe em fase 3 ou 4 do IPCC (Painel Intergovernamental sobre as Alterações Climáticas), […]