​Carne de vacas doentes exportada pela Polónia pode ter chegado a Portugal

​Carne de vacas doentes exportada pela Polónia pode ter chegado a Portugal

Portugal foi um dos 10 países que recebeu carne de vacas doentes abatidas na Polónia. A informação é avançada pela agência Reuters que cita as autoridades veterinárias polacas.

Em conferência de imprensa, Pawel Niemczuk, responsável máximo da veterinária polaca, diz que 2.700 quilos de carne de vacas doentes foi exportada para um conjunto de 10 países: Roménia, Suécia, Hungria, Estónia, Finlândia, França, Espanha, Lituânia, Portugal e Eslováquia.

O caso veio a público no sábado, quando um canal de televisão revelou imagens captadas com câmara oculta que mostram animais doentes a serem abatidos, num matadouro situado na região de Mazóvia, a pouco mais de cem quilómetros de Varsóvia.

Nas imagens veem-se vacas que mal conseguiam manter-se de pé e que os trabalhadores, ao preparar a carne para vender, retiravam feridas, tumores e outros sinais de que a carne estava imprópria para consumo.

Contactada pela Renascença, fonte do Ministério da Agricultura garante que, depois de ter sido dado o alerta, a Direção-geral de alimentação e veterinária reforçou a fiscalização nos matadouros e que, até ao momento, não foi detetada carne contaminada.

A Polónia é um dos principais produtores de carne da União Europeia. Produz cerca de 560 mil toneladas de carne bovina por ano e vende 85% para o exterior.

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior Produzir betão com casca de arroz? É possível!
Próximo Programa de actividades na Fruit Logistica 2019

Artigos relacionados

Nacional

Mercadona quer aproximar-se do setor agrícola nacional

[Fonte Vida Rural] O Presidente da Confederação de Agricultores de Portugal (CAP), Eduardo Oliveira e Sousa, e o Secretário-Geral, […]

Últimas

Cotações – Suínos – Informação Semanal – 1 a 7 Fevereiro 2021

Na semana em análise as cotações médias nacionais do porco classe E e do porco classe S mantiveram-se novamente estáveis em relação à semana anterior. Os leitões de <12 kg, após [...]

Nacional

Empreender na fileira do medronho. Plataforma EMED traz nova visibilidade

No âmbito do projeto Inovas Fileiras a ARBUTUS – Associação para a Promoção do Medronho – realizou no verão o último de 5 workshops práticos dedicados à […]