Workshop “Contabilidade e Fiscalidade no agroalimentar” – 18 de Março 2017 – Baião

Workshop “Contabilidade e Fiscalidade no agroalimentar” – 18 de Março 2017 – Baião

 

Será no próximo dia 18 de março, pelas 10h, no Auditório Municipal de Baião, que irá acontecer a terceira sessão de trabalho, destinada a criar mais dinâmica no sector agroalimentar da região, no âmbito da estratégia da Associação Empresarial de Amarante. Subordinado ao tema “Contabilidade e Fiscalidade no agroalimentar”, destina-se a empresários do setor agrícola e do setor transformador de produtos alimentares.

Este ciclo de sessões de trabalho decorre de uma candidatura aprovada ao Sistema de Incentivos às Ações Coletivas, do Norte 2020 e estará em curso até março de 2018, nos concelhos de Amarante, Baião, Celorico de Basto e Marco de Canaveses, tendo por objetivo apoiar o crescimento das empresas e o desenvolvimento do cluster, tornando-o mais atrativo para novos investidores. O Plano tem como parceiros locais a Câmara Municipal de Amarante e as Associações Empresariais de Baião, Celorico de Basto e Marco de Canaveses.
Local: Auditório Municipal de Baião, Rua de Camões – 4640 Baião
Coordenadas GPS: Lat.: 41.159132 (ddo) Long.: -8.039606(ddo)
Contato: Julieta Oliveira
Email: geral@aeamarante.pt
Tel. 255 410 240
Horário: 10H00 – 12H30

Conteúdos: Novos negócios agroalimentares – empresa ou empresário em nome individual. A importância da contabilidade na tomada de decisão nas empresas agroalimentares. Principais alterações legislativas ao nível da Fiscalidade e Segurança Social com impacto no negócio agroalimentar.

Animador:
Ricardo Gonçalves – Licenciado em Gestão de Empresas, membro da Ordem dos Contabilistas Certificados e diretor Técnico da Espaço Visual, gabinete de contabilidade na área agroindustrial que atua em todo o país.

Inscreva-se aqui

 

Comente este artigo
Anterior XV Encontro de agricultores- Desafios para a produção agrícola- 8 de Março 2017- Golegã
Próximo Ovelhas vieram a Lisboa defender o queijo da Serra - Video

Artigos relacionados

Nacional

Como valorizar as amoras silvestres?

As amoras silvestres são um recurso silvestre português que poderá ser valorizado através de uma linha de melhoramento destas espécies para obtenção de frutos de características únicas e de valor acrescentado. […]

Nacional

60% de Portugal caminha para a desertificação

[Fonte: TSF] De Alcoutim vão sair ideias para tentar salvar o país da seca e da desertificação. Nesta vila do nordeste algarvio está sedeado o Centro de Competências de Luta Contra a Desertificação. […]

Eventos

Mercado Fora d’Horas – 7 de Junho, 5 de Julho, 9 de Agosto 2017 – Silves

Após o sucesso da primeira edição, o Mercado Fora d’Horas ressurge em 2017 com três noites dedicadas aos sentidos: o olfato, […]