Visita aos campos do projecto Convigna em Idanha-a-Nova

Visita aos campos do projecto Convigna em Idanha-a-Nova

Realiza-se, a 6 de Setembro, uma visita aos campos de feijão-frade instalados na Herdade do Couto da Várzea, em Idanha-a-Nova, no âmbito do grupo operacional Convigna. A visita tem início às 10h00 e os participantes vão poder assistir à colheita destes campos.

O grupo operacional Convigna foi constituído «com o intuito de criar uma metodologia de produção destinada a variedades tradicionais portuguesas passíveis de adaptação às alterações climáticas, promovendo as boas práticas agrícolas». Neste âmbito, explicam, procura-se «tirar partido da riqueza que o nosso país tem em termos de recursos genéticos vegetais, nunca esquecendo a importância da conservação de germoplasma vegetal».

Este grupo operacional reúne os seguintes parceiros: Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (Iniav), Living Farms, Associação Nacional dos Produtores e Comerciantes de Sementes (Anseme), Living Seeds e Sativa. Os objectivos do projecto Convigna são o «desenvolvimento de uma metodologia para a produção de milho em consociação com feijão-frade, adaptada a diferentes regiões de Portugal, num contexto de alterações climáticas» e a «promoção do uso de práticas agrícolas sustentáveis e da eficiência dos recursos naturais em Modo de Produção Biológico (MPB)».

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores .

Anterior Quais os desafios da nova fruticultura?
Próximo Nove milhões de euros para seis cientistas portugueses

Artigos relacionados

Nacional

PDR 2020 tem 4 M€ para apoiar modernização das explorações agrícolas

A entidade gestora do Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020 (PDR 2020) tem 4 milhões de euros para apoio ao processo de modernização e capacitação das empresas do sector agrícola. […]

Notícias cadeia alimentar

APED elege Isabel Barros para nova presidente da Direcção

Isabel Barros é a nova presidente da Direcção da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), eleita recentemente para um mandato de quatro anos. […]

Últimas

Programa inclui aquisição de meios aéreos de combate a incêndios até 2023

O Governo quer adquirir até 2023 meios aéreos próprios para combater incêndios rurais de acordo com as prioridades definidas pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e Força Aérea, […]