Vendas de Vinho Madeira caem 2,9% em 2019

A Direcção Regional de Estatística da Madeira informa que, segundo os dados fornecidos pelo IVBAM – Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira, em 2019, a comercialização de vinho generoso “Madeira” rondou os 3,2 milhões de litros, gerando 18,7 milhões de euros de receitas de primeira venda. Face a 2018, observaram-se decréscimos de 6,0% e 2,9% na quantidade e em valor, respectivamente.

Em 2019, o mercado nacional apresentou uma evolução negativa nas quantidade de -1,0%, mas em valor verificou-se um aumento de +1,5%, impulsionado pelas vendas feitas para o continente (+41,8%, em quantidade) que ultrapassaram 1,0 milhões de euros, +38,6% que no ano precedente, enquanto as efectuadas na Região, apresentaram decréscimos de 7,5% e de 5,6% em quantidade e valor, respectivamente.

Mercado extra-comunitário

Por sua vez, o mercado extra-comunitário registou uma redução nas quantidades vendidas (-2,0%); quanto ao valor, registou-se um aumento (+1,7%). No que diz respeito ao mercado comunitário, tanto as quantidades vendidas como as receitas de primeira venda recuaram (-9,1% e -8,7% respectivamente).

Desagregando por país, no mercado comunitário a França continua a ser o principal mercado, apesar de se observarem quebras de 16,8% nas quantidades e de 22,1% no valor. Em contraponto, há a assinalar os aumentos verificados no mercado alemão, que registou crescimentos tanto nas quantidades (+24,1%) como em valor (+22,0%), bem como no mercado inglês com aumentos no volume vendido (+18,2%) e na receita gerada (+11,4%).

No mercado extra-comunitário, destaque para o comportamento das quantidades vendidas para a China, com um crescimento de 25,2%, embora em valor tenha registado uma quebra de 12,8%. Os Estados Unidos, principal mercado extra-UE de vinho “Madeira”, reduziu as importações deste produto, em volume (-3,1%), mas aumentou em valor (+17,8%). Contrariamente, as exportações para Canadá, Suíça e Japão evidenciaram variações negativas face a 2018, em quantidade e valor.

Do total comercializado, 74,3% correspondeu a vinho engarrafado, vendido em média a 7,02 euros/litro (6,68 euros/litro em 2018). O restante vinho foi vendido a granel a um preço médio de 2,67 euros/litro (mais 0,04 euros/litro que em 2018).

No que respeita ao 4.º trimestre de 2019, a comercialização de vinho generoso “Madeira” registou uma variação homóloga nula nas quantidades e de +11,3% no valor.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Anterior Ministério da Agricultura assinala Ano Internacional da Sanidade Vegetal
Próximo Região do Tejo aumenta em 71,8% a certificação dos seus vinhos

Artigos relacionados

Ofertas

Oferta de emprego – Técnico Agrícola de Balcão Fitofarmacêutico – Engenheiro Agrónomo – Alcobaça

A Agriloja é a maior rede de lojas de livre serviço para animais e plantas, que apresenta soluções para os clientes “Faça você mesmo” e Profissional, […]

Últimas

Alimentaria 2019 gerou um potencial de negócio de 25 milhões de euros

A organização da Alimentaria&Horexpo faz um balanço muito positivo desta 15.ª edição em Lisboa. A mostra recebeu cerca de 800 empresas participantes, […]

Nacional

ONU declara 10 de Fevereiro como o Dia Mundial dos Legumes

A Organização das Nações Unidas (ONU) fixou o 10 de Fevereiro de cada ano como o Dia Mundial dos Legumes. A decisão foi tomada a 20 de Dezembro, […]