Vegetal que já foi ao Espaço é a estrela da nova salada da Vitacress

O agrião grego é um vegetal especial: já foi escolhido para uma missão no Espaço para se estudar o seu cultivo com pouca gravidade e é uma folha sazonal que está disponível apenas nos meses mais frios, uma vez que o seu crescimento não é suportado em temperaturas elevadas.

A planta é agora a “estrela principal” da mais recente proposta da gama Better da Vitacress: a Salada Grega. Com origem em Odemira, no Sudoeste Alentejano – onde a brisa Atlântica “tempera” as folhas baby da marca –, a nova sugestão contém ainda alface verde, mizuna roxa e tatsoi.

Ligeiramente picante, com um sabor que combina o do rabanete e da mostarda, o agrião grego integra a nova inovação da marca

Apesar do seu nome, o agrião grego surgiu nos tempos antigos pelos egípcios e foi trazido para a Europa pelos romanos. De folhas pequenas de cor verde e com um caule fino e alongado, o vegetal é ligeiramente picante, com um sabor que combina o do rabanete e da mostarda.

A gama

Com o foco colocado na inovação e em sabores diferenciadores, que incentivem a uma alimentação saudável e nutritiva, a gama Vitacress integra outras propostas, nomeadamente a Salada Formosa (com salicórnia), Salada da Terra (com dois tipos de acelga), Salada Ativa (com beterraba) e Salada Must (com folha de mostarda).

Dada a sazonalidade do agrião grego, a nova salada da Vitacress é um produto exclusivo do Outono/Inverno e apresenta-se já lavada e pronta a comer.

A Salada Grega está à venda, a partir de hoje, na maioria dos hiper e supermercados, com um PVP recomendado de 1,99 euros.

Relembre-se que a Vitacress, empresa do Grupo RAR, tem assumido e reforçado a sua missão de sustentabilidade ambiental, de forma a contribuir para um planeta mais verde. Assim, todas as embalagens de marca são recicláveis e a matéria-prima é tratada com todo o cuidado, tanto durante o cultivo, como na colheita, para evitar desperdícios.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Crédito Agrícola distingue 76 vinhos nacionais
Próximo Colheita da amêndoa confirma aumento de produção em 55%

Artigos relacionados

Nacional

Lidl estuda exportação de queijos nacionais. Espera ver crescer exportações

Depois dos citrinos do Algarve e do atum dos Açores, o Lidl está a estudar a exportação de queijo nacional com origem em pequenos produtores. […]

Últimas

Onze meios aéreos combatem fogo em Quiaios


Fotografia: João Panhó.

Mais de duas centenas de operacionais, apoiados por 11 meios aéreos, combatem um incêndio que deflagrou pelas 15h15, […]

Nacional

Crédito Agrícola apoia agricultores e industriais na maior feira económica da região centro – EXPOFACIC

O Crédito Agrícola renovou mais uma vez o patrocínio à Expofacic – Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Cantanhede, que decorre entre 27 de Julho e 6 de Agosto, […]