Transitex transporta pêra Rocha para a feira FHC 2019 na China

Transitex transporta pêra Rocha para a feira FHC 2019 na China

No âmbito da participação da Associação Nacional de Produtores de Pêra Rocha (ANP) na 23.ª edição da feira internacional Food & Hotel China (FHC 2019), que se realiza de 12 a 14 de Novembro em Xangai, China, a empresa de logística Transitex foi a responsável pelo transporte da primeira carga de Pêra Rocha do Oeste a entrar neste país asiático. A Transitex refere que a entrada de 80 kg de pêra Rocha foi autorizada pela República Popular da China «a título excepcional, devido à FHC».

«A equipa Transitex encarregou-se de toda a gestão da cadeia de abastecimento, nomeadamente da logística, transporte aéreo, documentação, desalfandegamento e respectivos procedimentos de quarentena e inspecção em Xangai, até ao recinto da feira, sempre em atmosfera controlada», explica Tiago Brito, country manager da Transitex China. No comunicado, a empresa diz esperar que «este seja um primeiro passo no processo de abertura do mercado chinês à exportação de pêra Rocha, processo no qual pretende ser um parceiro dos produtores portugueses».

Com a participação neste evento, a ANP «espera preparar a entrada de pêra portuguesa neste mercado, apesar de não existir ainda uma convenção bilateral que permita a importação e consequente introdução ao consumo da pêra portuguesa, de forma oficial, em território chinês». A Transitex indica que, na sua última edição, esta feira internacional de alimentos, hotelaria, restaurantes, foodservice, padaria e indústrias de retalho recebeu mais de 3.000 expositores de 48 países, numa área de exposição de 120.000 metros quadrados, e que se espera que a edição de 2019 quebre recordes, com 180.000 metros quadrados e com um número de visitantes que deve ultrapassar os 118.000 de 2018.

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Agrogarante leva Conversas de Agricultura a Leiria - 21 de novembro
Próximo GS1 Portugal e FIPA fazem formação sobre requisitos legais da rotulagem alimentar

Artigos relacionados

Nacional

A Graciosa e o Alho

A Graciosa, a segunda ilha mais pequena da Região Autónoma dos Açores (60,7 km2), representa 2.6 % do território açoriano, sendo também a menos montanhosa (405 metros de altitude máxima no bordo sul da Caldeira).O clima é […]

Últimas

Universidade de Évora (UÉ) com dois novos projetos aprovados na área da investigação e combate aos incêndios florestais

PyroC.pt e FUEL-SAT são os acrónimos dos dois projetos liderados pela Universidade de Évora (UÉ) aprovados para financiamento pela Fundação […]

Nacional

Agricultura no Alentejo: menos explorações, mas mais área plantada

Entre os recenseamentos agrícolas de 1989 e 2009 o Baixo Alentejo registou uma redução no número de explorações e um aumento da superfície agrícola utilizada (SAU). Os dados são [….]