Syngenta assume compromisso de melhorar a biodiversidade e a saúde do solo em 3 milhões de hectares de terras agrícolas

Syngenta assume compromisso de melhorar a biodiversidade e a saúde do solo em 3 milhões de hectares de terras agrícolas

No Dia Internacional da Biodiversidade a Syngenta reforça o seu compromisso de melhorar a biodiversidade em 3 milhões de hectares de terras agrícolas a nível global até 2025, no âmbito do seu programa internacional para a agricultura sustentável “The Good Growth Plan”.

«Há mais de 12 anos iniciámos o desenvolvimento de programas de extensão da biodiversidade como o Operation Pollinitor© e com estas iniciativas demonstrámos que agricultura e biodiversidade são compatíveis, sem esquecer a sustentabilidade económica e a rentabilidade das explorações agrícolas. Uma nova abordagem orientada para construir ao invés de proibir, que dá prioridade às melhores práticas agrícolas no uso dos produtos fitofarmacêuticos e sementes, cuidando dos recursos naturais», afirma Luis Miranda, responsável de agricultura sustentável da Syngenta para a Península Ibérica.

A agricultura em si reduz consideravelmente, em algumas zonas, a área de espaços naturais onde a fauna e a flora silvestres podem desenvolver-se. As culturas agrícolas não são um ambiente adequado para a biodiversidade, independentemente do sistema agrícola em causa. Seja produção integrada ou biológica, sequeiro ou regadio, a biodiversidade é sempre baixa nos campos agrícolas.

A Syngenta identificou que era possível reverter esta situação e pôs em marcha um ambicioso programa para desenvolver a biodiversidade nos campos agrícolas: o Operation Pollinitor©. Este projeto foi enquadrado em 2013 no nosso programa de compromissos com a agricultura sustentável, “The Good Growth Plan”, e desde então ultrapassou os objetivos estabelecidos, beneficiando 6,4 milhões de hectares.

«Iniciámos o Operation Pollinator© em Portugal há mais de uma década e orgulhamo-nos de ter como parceiros neste caminho de aliança entre agricultura e biodiversidade empresas agrícolas de referência, entre as quais Vitacress, Sogepoc, Nutrifarms, The Summer Berry Company Portugal e Vera Cruz. Em 2020, o Operation Pollinator chegou também à cidade de Lisboa – Capital Europeia Verde – sensibilizando o público urbano para a importância dos polinizadores na agricultura, na alimentação e nos ecossistemas urbanos. Este é um projeto pioneiro que está alinhado com as orientações da nova Política Agrícola Comum e do Pacto Ecológico Europeu», afirma Felisbela Torres de Campos, responsável de sustentabilidade da Syngenta em Portugal.

Em Portugal e Espanha foram implementados até ao momento mais de 450 hectares de margens multifuncionais equivalentes a mais de 1.000 km, considerando uma largura média de 4 metros. Mais de 16.200 hectares de terras agrícolas foram beneficiadas em ambos países. Além disso, foram identificadas mais de 500 espécies nas margens Operation Pollinator©, muitas delas em risco de extinção e incluídas na lista vermelha de espécies em perigo da UICN.

Este projeto demonstrou que contribui para aumentar o número de insetos benéficos nas parcelas agrícolas, conforme comprovado por um estudo de três anos de monitorização em 10 explorações agrícolas na Península Ibérica. A média de espécies aumentou 130%: 170% mais de himenópteros, 96% mais de lepidópteros, 115% mais de coleópteros e 252% mais de dípteros.

O Operation Pollinator© integra o investimento anunciado pela Syngenta de 2.000 milhões de dólares em projetos de inovação em proteção de culturas visando uma agricultura cada vez mais adaptada às alterações climáticas. Estas iniciativas serão levadas a cabo nos próximos 5 anos com o objetivo de acelerar a inovação em agricultura sustentável a nível global e contribuir para o sequestro de carbono e a redução das emissões de carbono procedentes da atividade agrícola. A Syngenta comprometeu-se a reduzir em 50% as emissões derivadas das suas operações até 2030.

Comente este artigo
Anterior PDR2020: Ações de Informação
Próximo Live: Novas práticas em Olivais de Sequeiro - Adubação foliar

Artigos relacionados

Últimas

Webinar Confagri e Confecoop: Dia Internacional das Cooperativas – Cooperativas para a Acção Climática – 4 de julho

No próximo dia 4 de julho, mais de 1,2 mil milhões de cooperadores de todo o mundo irão celebrar o Dia Internacional das Cooperativas, este ano […]

Dossiers

Portugal aumenta exportações de carne de porco em 40%

De acordo com os dados do IFAP e do Eurostat, Portugal faturou no comércio internacional da carne de porco um total […]

Últimas

PDR2020 : Formação Financiada – Barcelos

A MP ACADEMIA BARCELOS, tem abertas as inscrições, para ações de formação de Jovens Agricultores, com projetos de instalação, ao abrigo do PDR2020 ou com projetos de instalação aprovados a partir de 01-01-2013 ao abrigo do PRODER. […]