Suinicultores querem medidas urgentes para conter escalada dos custos de contexto

Suinicultores querem medidas urgentes para conter escalada dos custos de contexto

A Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS) reclamou hoje “medidas urgentes e necessárias” para “conter a escalada dos custos de contexto” de que os seus associados se queixam.

Em particular, a FPAS, em comunicado, exemplificou com “a convergência fiscal com a média da União Europeia em matéria de serviços energéticos e a eficaz regulação de práticas comerciais nas relações da cadeia de valor”.

No seu texto, a federação salientou que “o segundo semestre de 2021 tem-se caracterizado por um período de crescentes dificuldades provocadas pelo aumento substantivo dos custos de produção, decréscimo acentuado dos preços pagos aos produtores e contração do comércio internacional”.

De forma concreta, apontou que em outubro “o preço dos combustíveis é 28% mais elevado que no período homólogo de 2020” e que “o preço da eletricidade é nalguns casos 50% mais elevado que há um ano”.

No rol das suas preocupações, a FPAS mencionou também o aumento em 20% dos custos com a alimentação animal no último ano, a descida continuada dos preços pagos aos produtores (27% homólogos em setembro de 2021).

Por outro lado, os produtores queixam-se da descida do consumo interno em cerca de 3,2% e não esperam que recupere no que falta do presente ano.

As preocupações da FPAS são ainda resultado do abrandamento “substancial” da procura externa, o que cria um excesso de produto, o que força a descida dos preços, e das “sistemáticas campanhas de promoção com incidência sobre a carne de porco”, feitas pelos operadores do retalho alimentar, o que “esmaga ainda mais as margens de toda a fileira, já de si iníquas”.

Por fim, a FPAS lamenta a ausência de “uma estratégia governamental incentivadora do consumo de produtos nacionais e impulsionadora das cadeias curtas de abastecimento”.

Suinicultura: reação da FPAS face o momento atual do setor

Comente este artigo
Anterior Estudo de Impacto Económico pela retirada de Substâncias Ativas para Culturas Chave em Portugal
Próximo CAP cria campanha para crianças sobre agricultura e alimentação

Artigos relacionados

Blogs

Questionário aos apicultores portugueses no âmbito do Projeto Beekeper Safety

O Projeto “BEEKEEPER SAFETY – Manual de Boas Práticas de Higiene, Segurança e Saúde no Trabalho Apícola” tem como um dos seus objetivos, identificar […]

Sugeridas

Produtor de fumeiro de Montalegre aposta nas redes sociais para dar a volta à pandemia

O produtor Germano Surreira, de Montalegre, está usar as redes sociais para divulgar e vender o fumeiro e presunto, uma aposta impulsionada pela pandemia de covid-19 e que está a surpreender pela adesão dos clientes. […]

Sugeridas

ANEFA alerta para “abismo da insustentabilidade” da floresta em Portugal

A Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente (ANEFA) alertou hoje para o “abismo da insustentabilidade” da floresta em Portugal, esperando que “nada […]