Sonae Indústria apoia prevenção e combate aos fogos florestais

Sonae Indústria apoia prevenção e combate aos fogos florestais

O apoio da Sonae Indústria à campanha “Portugal Chama”, promovida pela Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais, tem como objetivo ajudar a sensibilizar e mobilizar a população portuguesa para uma ação pró-ativa na prevenção e luta contra os incêndios.

Para Chris Lawrie, Administrador da Sonae Indústria, “esta campanha é um apelo à ação de todos os portugueses para contribuir para um país mais protegido de incêndios florestais e, como tal, a Sonae Indústria não poderia deixar de estar envolvida”. “A prevenção de incêndios é um vetor essencial para a sustentabilidade da fileira florestal, que a Sonae Indústria apoia com pesquisa e desenvolvimento, ações de reflorestação e programas de educação ambiental em todo o país”, acrescentou.

De acordo com o propósito de ser uma empresa sustentável, são várias as iniciativas que a Sonae indústria tem vindo a apoiar na proteção das florestas nacionais.

Entre estas, conta-se a participação ativa da Sonae Arauco no laboratório colaborativo ForestWise que junta empresas e universidades e desenvolve atividades de investigação e transferência de conhecimento na gestão integrada da floresta e do fogo.

Destacam-se ainda as ações de reflorestação em zonas críticas do país através de iniciativas de voluntariado dos colaboradores de várias empresas do grupo e suas famílias.

A Sonae Indústria dedica-se ao fabrico de laminados e produtos derivados de madeira a partir de madeira reciclada, resíduos procedentes de outras atividades e matérias-primas provenientes de florestas geridas de forma sustentável, bem como de fibra lenhosa oriunda de outras fontes com boas práticas de gestão.

A empresa adota os princípios do desenvolvimento sustentável e utiliza a ecoeficiência como referencial para a operação das suas fábricas, segundo elevados padrões de gestão ambiental.

Toda a informação está disponível em www.portugalchama.pt

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Infestação de plantas aquáticas na barragem do Vale do Gaio preocupa junta de freguesia do Torrão
Próximo Estudo | Variedades GM aumentam produtividade e reduzem emissão de gases

Artigos relacionados

Últimas

Navigator reduz temporariamente a produção de papel em 15%

A The Navigator Company vai reduzir de imediato a produção de papel UWF em 15%, em virtude da queda significativa de encomendas das […]

Últimas

Agromais na Fruit Logistica 2018

A AGROMAIS irá estar presente na Fruit Logistica pelo terceiro ano e no nosso espaço iremos expor alho, abóbora, cebola e batata doce para o mercado de fresco. […]

Comunicados

EDIA apoia e junta-se a movimentos solidários no combate à COVID-19

A pandemia de COVID-19 que assolou o mundo, e por consequência o nosso País e a região onde a EDIA exerce a sua atividade, o Alentejo, veio trazer ao […]