Seminário Frutos Secos – 13 de julho – Santarém

Seminário Frutos Secos – 13 de julho – Santarém

O Centro Nacional de Competências dos Frutos Secos (CNFS) vai realizar no próximo dia 13 de Julho, com o apoio da FNOP, um seminário onde estará em debate a organização da produção/associativismo no contexto do sector que representam.

O evento decorrerá na Escola Superior Agrária de Santarém (ESAS), entre as 14h e as 17.30h.

A inscrição é gratuita mas obrigatória, sendo os lugares limitados pelas contingências impostas pela COVID-19.

Poderão inscrever-se enviando um e-mail para [email protected] ou para [email protected]

Pode ser uma imagem de texto que diz "i m Frutos Secos 13 13dejul'21 de jul'21 Programa 14h00 Secretariado 14h30| Sessão de abertura (Carlos Silva, CNCFS) 14h50| Breve perspectiva do setor dos frutos secos (Ana Santos, CNCFS) 15h20| La importancia del asociacionismo sus sinergias (Minda Tabuyo, SAB-Almendrave) 16h00 Coffee-break 16h20| A produção de amêndoa no contexto de uma Organização de Produtores (Miguel Gonçalves, Alentejanices com tomate, LDA) 16h50| Reunião setorial (Carlos Silva, CNCFS) 17h30| Encerramento (NOP CNCFS) Apoio: yлop អh PDR PROGRAMA DESENVOLVIMENTO 2029 RURAL EstruturaisedeInvestimento Inscrições ana.santos@cncfs.pt (Vagas limitadas) CNCFS PORTUGAL 2020"

Comente este artigo
Anterior Incêndios: Cinco concelhos do distrito de Faro em risco máximo
Próximo Webinar Greenlight: Agricultura sustentável e competitiva: A política agrícola comum e o pacto ecológico europeu - 15 de julho

Artigos relacionados

Dossiers

Empresas querem folga nas dívidas à banca, nas penhoras e despejos

Negócios querem que banca também apoie empresas que fiquem em apuros. “Não é só o governo que tem obrigação de facilitar a vida e […]

Eventos

FSC Portugal promove Jornadas Técnicas sobre Produtos Florestais Não Lenhosos – 17 de março – Grândola

A FSC Portugal promove Jornadas Técnicas sobre Produtos Florestais Não Lenhosos no dia 17 de Março de 2020 no Grândolacoop – Coop. Agrícola de […]

Nacional

Lista de espera com 2.500 pessoas para cultivar uma horta no Grande Porto

“À data, existem cerca de 2.500 inscritos que aguardam por disponibilidade de talhão” na iniciativa Horta à Porta, que atualmente produz alimentos […]