Ren entrega Viaturas a Oito Corporações de Bombeiros Voluntários

Ren entrega Viaturas a Oito Corporações de Bombeiros Voluntários

A REN – Redes Energéticas Nacionais, entregou hoje oito viaturas a oito corporações de Bombeiros Voluntários (Vila Nova de Poiares, Viana do Castelo, Batalha, Fundão, Trafaria, Montijo, Montemor-o-Novo e Ribeira de Pena), no âmbito da sua política de apoio às comunidades locais e à prevenção de incêndios florestais.

A cerimónia de entrega das chaves das viaturas aos comandantes das corporações de Bombeiros, que se realizou nas instalações da REN, em Sacavém, contou com a presença do Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves e do Presidente da Liga Portuguesa de Bombeiros, Jaime Marta Soares.

O Administrador Executivo da REN, João Faria Conceição, referiu durante a cerimónia, que a doação destas viaturas “é o apoio da REN ao trabalho realizado pelas corporações de bombeiros durante todo o ano e em particular na época dos incêndios”. João Faria Conceição explicou também que, no que diz respeito à prevenção de incêndios, a REN, que detém cerca de 8500 km de linhas elétricas, sendo que mais de 60% estão em espaços florestais, “durante o ano são implementadas um conjunto de ações, em articulação com as autoridades competentes, com o objetivo de manter as faixas limpas, mas também para facilitar o acesso dos Bombeiros e das Equipas de Proteção Civil”.

Ação da REN na defesa da floresta:

  • 8500 km de linhas elétricas. 60% em espaços florestais
  • Mais de 7000 km de servidões de linhas elétricas e cerca de 1400 km de gasodutos
  • 310 instalações,
  • Contactados em média 20.000 proprietários por ano. Em 2018, cerca de 23.500 proprietários contatados.
  • Entre 2014 e 2018, foi realizada a limpeza de mais de 22 mil hectares, o equivalente a 22 mil estádios de futebol.
  • 64 veículos doados desde 2009, no âmbito da prevenção de fogos florestais. 37 veículos doados a Bombeiros Voluntários e 27 às equipas de prevenção de incêndios das autarquias.
  • O trabalho foi desenvolvido com recurso a mais de 200 colaboradores dos nossos prestadores de serviços na área florestal e, só em 2018, envolveu um investimento superior a 6 milhões de euros.
  • Para o ano 2019, está planeado limpar mais 10% do que em 2018 e nos próximos anos prevê-se executar uma área global sempre superior a 7.000 ha/ano.
Comente este artigo
Anterior Mais do que veganismo, no congresso vegetariano vai falar-se de sustentabilidade
Próximo Proteção Civil dos Açores presente no CASCADE’19

Artigos relacionados

Sugeridas

CEV e Lusosem assinam acordo de distribuição exclusiva para Portugal de biofungicida à base de tremoço

A CEV, SA (CEV) é uma empresa portuguesa que produz e comercializa um biofungicida para a agricultura, cujo princípio ativo é uma nova e patenteada proteína com o nome de BLAD. […]

Dossiers

Reunião para a revisão do Plano de Acção Nacional para o Uso Sustentável dos Produtos Fitofarmacêuticos

Teve lugar no dia 9 de Maio, na Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária, em Oeiras, a segunda reunião para a revisão do Plano de Acção Nacional para o Uso Sustentável dos Produtos Fitofarmacêuticos [PANUSPF]. Nesta reunião, onde se sentam à mesa as diversas entidades oficiais e particulares […]

Comunicados

GP PCP: pergunta ao Governo sobre a utilização de meios próprios pela Associação de Produtores Florestais da Serra do Caldeirão para a concretização dos seus projetos no âmbito do PDR 2020

No passado dia 11 de junho, uma delegação do PCP, integrando o deputado Paulo Sá eleito pelo Algarve, reuniu com a Associação de Produtores Florestais da Serra do Caldeirão, em Barranco do Velho, tendo tomado conhecimento de um problema relacionado com a utilização dos meios próprios […]