Regantes pedem desagravamento dos custos da eletricidade no regadio

Regantes pedem desagravamento dos custos da eletricidade no regadio

[Fonte: Vida Rural]

A Federação Nacional de Regantes de Portugal (FENAREG) esteve esta quinta-feira (4 de abril) reunida com o Secretário de Estado da Energia, João Galamba, e pediu o desagravamento dos custos da eletricidade no regadio e mais apoios para o uso de energias renováveis.

A federação diz que são necessárias medidas de apoio à sustentabilidade energética do regadio, com vista a aumentar a produtividade económica da água. “O Governo mostrou abertura para desencadear um conjunto de ações que respondam às necessidades dos regantes”, diz ainda a organização.

Entre as medidas apresentadas pela FENAREG com o objetivo de “compensar o grave problema que se criou desde 2012 com o desaparecimento dos apoios à eletricidade verde” estão a possibilidade de “contratar duas potências elétricas diferentes ao longo de 12 meses ou, em alternativa, pagar pela potência real registada e não pela teórica contratada”; a “criação de um programa de apoio específico para substituição das fontes de energia convencionais por renováveis nas explorações de regadio”; e o “reforço de ações de eficiência energética, com programa específico de apoio para o setor do regadio, visando a melhoria do desempenho energético das instalações, através da avaliação de desempenho e substituição de equipamentos existentes por outros mais eficientes.”

José Núncio, presidente da FENAREG, sublinha que “após a reunião de ontem com o Secretário de Estado da Energia estamos otimistas quanto à possibilidade de os contratos sazonais de energia virem a ser implementados no setor do regadio, bem como a inclusão das restantes medidas no PNEC 2030, o Plano Nacional Integrado Energia e Clima”.

Comente este artigo

O artigo Regantes pedem desagravamento dos custos da eletricidade no regadio foi publicado originalmente em Vida Rural.

Anterior Governo vai identificar necessidades dos agricultores em equipamentos para captação e armazenamento de água
Próximo II Jornadas Anipla a 17 de Abril em Lisboa

Artigos relacionados

Últimas

Marché des céréales Régularité et qualité, les deux priorités de la filière céréalière à l’export

« La filière céréalière française est confrontée, ces dernières années, à une production de moins en moins régulière », s’inquiète FranceAgriMer. […]

Nacional

Boletim n.º 5 do ICAAM – Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas da Universidade de Évora

O ICAAM – Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas da Universidade de Évora disponibiliza o  Boletim Informativo n.º5 do mês de Janeiro 2018
Conheças as noticias destacadas ,os projectos levados a cabo pelo ICAAM , […]

Sugeridas

FENDT 211 Vario V premiado no Tractor do Ano 2018

Na abertura da Agritechnica, o júri internacional do prémio Trator do Ano 2018 deu a conhecer a distribuição dos prémios atribuídos às diferentes categorias em disputa.