Plano de Gestão Integrada de Fogos Rurais está há meses na gaveta

Plano de Gestão Integrada de Fogos Rurais está há meses na gaveta

O observatório que deveria emitir parecer sobre o plano está a terminar o mandato, mas o documento ainda não foi divulgado.

Nova polémica. O Plano de Gestão Integrada de Fogos Rurais está há meses na gaveta e ainda não chegou ainda ao Observatório Técnico Independente de incêndios criado para acompanhar o trabalho de prevenção e combate dos fogos.

O observatório que deveria emitir parecer sobre o plano está a terminar o mandato, mas o documento ainda não foi divulgado.

À Renascença, o responsável pelo observatório explicou que não tem a informação suficiente para se poder pronunciar. “Uma componente que nos falta são dados sobre o programa de queimas e queimadas (fogo controlado) e outros dados que foram ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e que não nos foram enviados inexplicavelmente. Isso tem impossibilitado que façamos algumas análises que tínhamos previsto”, diz Francisco Castro Rego.

O mesmo responsávelmostra-se disponível para continuar à frente do observatório, cujo mandato termina no final do ano.

Em 2018, a estrutura de técnicos do Observatório considerou que a informação recebida não era suficiente, e que por isso não se podia pronunciar.

Um terço dos incêndios florestais registados em 2019, e investigados, tiveram como causa queimadas e queimas, revela o último relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), datado de outubro.

O relatório dá conta que se registaram, entre 1 de janeiro e 15 de outubro de 2019, 10.841 incêndios rurais, que resultaram em 41.622 hectares (ha) de área ardida, entre povoamentos (21.163 ha), matos (15.782 ha) e área agrícola (4.677 ha).

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior Avisos Agrícolas 25/11/2019: Vinha, Kiwi, Maçã, Citrinos, Nogueira e Nespereira-do-Japão
Próximo Cotações – Azeite e Azeitona – Informação Semanal – 18 a 24 Novembro 2019

Artigos relacionados

Eventos

Farm to Fork Conference – 14 e 15 de outubro

The second edition of the Farm to Fork conference will be held in the days preceding World Food Day 2021: 14-15 October 2021 […]

Dossiers

ESAC ministra formações sobre pragas e doenças das plantas – 12 e 19 de junho

A Escola Superior Agrária do Politécnico de Coimbra (ESAC-IPC) promove, nos próximos dias 12 e 19 de junho, os cursos de formação de curta duração “Aprender a Identificar as Principais Pragas […]

Últimas

Odemira: a pandemia agravou vidas que já não eram simples

O país vai desconfinando, mas não ao mesmo ritmo em todo o lado. Um desses casos é o concelho de Odemira, onde o Governo decidiu decretar uma cerca sanitária às freguesias de […]