Perturbação trará agravamento do estado do tempo

Perturbação trará agravamento do estado do tempo

“Tempo localmente adverso, muito frio, vento, neve e aguaceiros por vezes fortes”

— Sistema ciclónico de evolução complexa.

Ao longo dos próximos dias teremos condições marcadas por muito frio, precipitação localmente intensa, vento e queda de neve.

Um sistema de baixas pressões irá passar entre os  Açores e a Madeira, seguindo depois em direcção à Península Ibérica.
Posteriormente, uma nova perturbação polar irá avançar sobre o Continente, entre dias 9 e 11.

Nas ilhas esperamos condições de mau tempo, com risco especialmente focado na ocorrência de precipitação excessiva, que poderá causar cheias e derrocadas.

Teremos melhoria gradual nos Açores a partir de hoje e, na Madeira, a partir de dia 9.

No Continente, a Interacção entre a perturbação Atlântica vinda das ilhas e uma nova perturbação polar deverá trazer agravamento entre dia 6 e dia 11.

Prognóstico detalhado abaixo

“Potencial para vento forte, chuva, e neve. Frio extremo continua, com risco para a saúde pública “

Contraste de massas de ar alimentará a evolução de um sistema de baixas pressões.

—Prognóstico detalhado.

Ainda há algum espaço para mudanças no prognóstico, que continuaremos a acompanhar com atenção.

Esperamos:

– Chuva localmente forte, com possibilidade de trovoadas, nas ilhas, e Algarve, podendo também afetar alguns locais do Alentejo e do litoral ocidental.

– Queda de neve  no interior, podendo ser extraordinária nas montanhas do sistema central. Cotas de neve localmente até 300-600m, com acumulação significativa acima dos 600-800m.

– Persistência de tempo frio, com risco elevado para a saúde pública, este frio poderá agravar-se na próxima semana por efeito da cobertura de neve no interior ibérico.

– Vento localmente forte com rajadas que poderão superar os 80km/h em locais mais altos e expostos, tanto no continente como nas ilhas.

– Agravamento do estado do mar em toda a área marítima nacional, incluindo na costa sul do Algarve, com risco maior nesse troço costeiro entre dias 6 e 8.

Baixas pressões entre a Madeira e o sul da Ibéria nestes próximos dias.

O artigo foi publicado originalmente em BestWeather.

Veja a previsão do tempo e a melhor altura para pulverizar na nossa página de Meteorologia powered by Syngenta.

Comente este artigo
Anterior A importância da marca na valorização dos cereais
Próximo China suspende importação de aves de França devido a surto de gripe aviária

Artigos relacionados

Últimas

Visita à nossa quinta de produção de leite – em vídeo

Nos primeiros dias de Março, quando as escolas estavam fechadas e os miúdos com ensino à distância, pediram – me uma “visita de estudo” via zoom para uma turma de miúdos de 6 anos […]

Últimas

Vinho de talha promovido em Londres num evento em honra da rainha de Inglaterra

O vinho de talha, feito através de uma técnica ancestral descendente dos romanos e com mais de 2.000 anos, vai ser promovido num evento internacional em honra da rainha de Inglaterra […]

Nacional

IFAP paga 35,1 milhões de euros de apoios em Julho. 28 M€ para a agricultura

O Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, através do IFAP — Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, procederá hoje, 31 de Julho, ao pagamento de um montante global de 28 milhões de euros aos agricultores. […]