Pera Rocha viaja a bordo da TAP

Pera Rocha viaja a bordo da TAP

Pera Rocha viaja a bordo da TAP

Entre 15 e 19 de outubro, a Pera Rocha vai ser o ingrediente principal
das sobremesas servidas aos passageiros de 470 voos da TAP,
assinadas pelos chefs Henrique Sá Pessoa e Vítor Sobral

Cadaval, 8 de outubro de 2018 – A Pera Rocha do Oeste vai viajar, entre 15 e 19 de outubro, a bordo dos aviões da TAP, como ingrediente principal das sobremesas servidas aos passageiros de voos com destino a cinco dos maiores mercados de exportação desta variedade de fruta 100% portuguesa: Alemanha, Brasil, Espanha, França e Reino Unido.

No total, 1500 quilos de Pera Rocha vão ser confecionados por dois dos mais reputados chefs portugueses, para adoçar o paladar dos passageiros de 470 voos da TAP, numa parceria entre a transportadora aérea e a ANP – Associação Nacional de Produtores de Pera Rocha. Henrique Sá Pessoa, distinguido com uma estrela Michelin, criou para a ocasião um arroz doce cremoso com puré de Pera Rocha em calda de moscatel, que será servido aos viajantes da classe executiva de médio e longo curso. E Vítor Sobral, um dos mais dinâmicos chefs da cozinha portuguesa, preparou uma mousse de chocolate com compota de Pera Rocha, que irá deliciar os passageiros da classe económica de longo curso. Os passageiros de classe executiva poderão ainda desfrutar da Pera Rocha na sala vip da transportadora, onde estará disponível ao longo de toda a semana.

Esta ação tem como objetivo promover este fruto exclusivamente português em cinco países de destino identificados pela ANP como mercados estratégicos de internacionalização e é mais um passo fundamental para divulgar este produto de excelência além-fronteiras. Reconhecido com o selo comunitário Denominação de Origem Protegida (DOP) desde 2003, a Pera Rocha já é um dos produtos agrícolas nacionais mais exportados. Atualmente, perto de 60% da produção destina-se ao estrangeiro, com destaque para o Brasil, que representa mais de um quarto das vendas totais ao exterior.

A iniciativa insere-se no projeto “Promoção da Pera Rocha nos Mercados Externos”, com o qual a ANP pretende aumentar a visibilidade internacional da Pera Rocha e do seu país de origem. O objetivo é contribuir para o aumento das exportações, através do reforço da promoção no exterior e do melhor conhecimento dos mercados-alvo, estimulando a progressão da fileira na cadeia de valor.

O projeto é cofinanciado pelo Compete 2020, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização. O investimento global é de 430.902 euros, dos quais 85% são provenientes do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Comente este artigo
Anterior CNA visita zona muito afectada pelo Grande Incêndio do ano passado.
Próximo Azeite de qualidade produz-se no ameaçado Olival Tradicional - Francisco Pavão

Artigos relacionados

Notícias Inovação

DIT-UK e INOVISA apoiam startups portuguesas de Agro-tecnologia – Reino Unido é destino privilegiado para a internacionalização.

O Departamento de Comércio Internacional (DIT-UK) na Embaixada Britânica em Lisboa e a INOVISA, criada pelo Instituto Superior de Agronomia, formaram uma parceria no âmbito do programa cropUP para apoiar startups nacionais com projectos inovadores na área da tecnologia aplicada ao sector agrícola e que tenham a ambição de desenvolver os seus projectos no Reino Unido. […]

Comunicados

Joint statement by Vice-President Katainen, Commissioner Hogan and Commissioner Vella on World Water Day

On World Water Day the European Commission promotes innovative water reuse, which is good for jobs, farms and the environment.
On 22 March 2017, we celebrate World Water Day.
We celebrate water. We have done so since 1993 when the United nations General Assembly designated the 22nd March as the World Water Day. […]

Comunicados

Portugal e Espanha apostam na qualidade da água no Baixo Guadiana

Mértola, 27 de setembro de 2018
No próximo dia 3 de outubro, terá lugar, em Alcoutim, uma ação de demonstração e apresentação da metodologia de amostragem e análise das águas costeiras e de transição. Esta iniciativa destina-se a autarcas e técnicos da administração local, bem como a outras entidades com responsabilidades na gestão da água no espaço transfronteiriço do Baixo Guadiana. […]