Penacova combate a vespa asiática com 400 armadilhas instaladas

Penacova combate a vespa asiática com 400 armadilhas instaladas

O combate à proliferação da vespa asiática no concelho de Penacova está a ser assegurado com apoio de 400 armadilhas instaladas, anunciou hoje a Câmara Municipal.

“Além da desativação de ninhos, a equipa de intervenção, criada no âmbito do Serviço Municipal de Proteção Civil, tem vindo a reforçar a prevenção e o combate à expansão da espécie, instalando e fazendo a manutenção de 400 armadilhas”, informa em comunicado a autarquia de Penacova, presidida por Humberto Oliveira.

No âmbito do Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa Velutina em Portugal e do Plano Municipal de Combate à Vespa Asiática, este município do distrito de Coimbra “tem prosseguido a (…) desativação de ninhos detetados na área geográfica do concelho, com o objetivo de controlar a proliferação desta espécie, vulgarmente conhecida como vespa asiática, que afeta particularmente a produção apícola”.

A referida equipa da Proteção Civil é também “responsável pela manutenção periódica das armadilhas, limpeza, substituição do atrativo, contagem e registo das capturas e posterior recolha das armadilhas para prevenir a proliferação de plásticos indesejados” no território.

“O trabalho que esta equipa tem vindo a realizar é fundamental e é fundamental que ocorra nesta altura do ano, porque este é um período determinante para a prevenção (…). Só prevenindo conseguimos combater com sucesso”, defende o coordenador municipal de Proteção Civil, Vasco Morais, citado na nota.

Realçando o “sucesso da estratégia” seguida, a Câmara adianta que estão a ser testados “dois tipos de atrativo: um composto por água, açúcar e fermento de padeiro e outro composto por vinho branco, cerveja preta e groselha”.

Com esta experiência, “pretende verificar qual o isco mais eficaz na captura” destes insetos invasores, que nos últimos anos causaram avultados prejuízos nos apiários de norte a sul do país.

“Não se aproxime das armadilhas, não lhes toque, nem as vandalize”, pede a Câmara de Penacova à população e aos visitantes.

Comente este artigo
Anterior A ACTUAR realiza inquérito no âmbito do projeto Agricultura Familiar
Próximo Agricultura responde à pandemia mesmo com uso de máscara no verão

Artigos relacionados

Nacional

União Europeia. ‘Frugais’ e ‘Amigos da Coesão’ reunidos à parte em cimeira dividida

A cimeira extraordinária que decorre em Bruxelas sobre o orçamento plurianual da União Europeia prossegue num formato de reuniões […]

Notícias inovação

OGM | Rosa e mais doce do que o amarelo

A cor rosa deve-se ao licopeno, um composto químico presente também no tomate, na melancia e na toranja. […]

Nacional

Coimas por incumprimento na defesa da floresta dobram

No Orçamento do Estado para 2020, as coimas por violação Sistema Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios podem chegar aos 120 mil euros. […]