Pedido único 2017

Pedido único 2017

[Fonte: IFAP]

A partir do dia 1 de junho e até ao dia 26 junho é possível a apresentação tardia do pedido de ajuda, com penalização regulamentar de 1% por cada dia útil, acrescida, no caso do pedido de atribuição de direitos à reserva para pagamento RPB, de 3% por cada dia útil.

É igualmente possível, entre 1 e 16 de junho, entregar o Pedido Único de alteração sem qualquer penalização.

Relativamente aos pedidos de pagamento dos Prémios à Manutenção e dos Prémios por Perda de Rendimento no âmbito da Medida da Florestação das Terras Agrícolas – RURIS, bem como os Projetos de Arborização instalados ao abrigo do Reg. (CEE) n.º 2080/92 e Reg. (CEE) n.º 2328/91 a entrega tardia não tem qualquer penalização.

O prazo para submissão da Comunicação das Transferências acompanha o prazo do Pedido Único 2017, ou seja, até ao dia 26 de Junho.

Comente este artigo
Anterior Marca branca: a aparente contradição
Próximo Pagamentos Maio 2017

Artigos relacionados

Nacional

ORO AGRI projeta crescimento recorde no Brasil


ORO AGRI projeta crescimento recorde no Brasil
Presente em mais de 100 países, a ORO AGRI planeja elevar sua participação em 200% no Brasil, […]

Nacional

Governo e CDS em guerra de números nos apoios à agricultura

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, criticou o Governo por ser “inaceitável” que haja “22 mil candidaturas aos fundos para a agricultura à […]

Últimas

Mais de 500 bombeiros combatem chamas em Tomar. Um bombeiro ferido sem gravidade

Um incêndio florestal deflagrou este sábado, pelas 16h10, em Tomar, no distrito de Santarém, mobilizando mais de 500 bombeiros, apoiados por 147 veículos, […]