Pedido único 2017

Pedido único 2017

[Fonte: IFAP]

A partir do dia 1 de junho e até ao dia 26 junho é possível a apresentação tardia do pedido de ajuda, com penalização regulamentar de 1% por cada dia útil, acrescida, no caso do pedido de atribuição de direitos à reserva para pagamento RPB, de 3% por cada dia útil.

É igualmente possível, entre 1 e 16 de junho, entregar o Pedido Único de alteração sem qualquer penalização.

Relativamente aos pedidos de pagamento dos Prémios à Manutenção e dos Prémios por Perda de Rendimento no âmbito da Medida da Florestação das Terras Agrícolas – RURIS, bem como os Projetos de Arborização instalados ao abrigo do Reg. (CEE) n.º 2080/92 e Reg. (CEE) n.º 2328/91 a entrega tardia não tem qualquer penalização.

O prazo para submissão da Comunicação das Transferências acompanha o prazo do Pedido Único 2017, ou seja, até ao dia 26 de Junho.

Comente este artigo
Anterior Marca branca: a aparente contradição
Próximo Pagamentos Maio 2017

Artigos relacionados

Notícias florestas

PR vai presidir a Conselho de Ministros dedicado às florestas em 04 de março

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai presidir no dia 04 de março ao Conselho de Ministros temático dedicado às florestas, informou hoje gabinete do primeiro-ministro. […]

Nacional

Quer uma árvore? ICNF tem quase 166 mil plantas autóctones para dar

O projecto Floresta Comum, liderado pelo ICNF — Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas tem 165.740 plantas autóctones para dar. […]

Últimas

​Agravamento do risco de incêndio. Queimadas proibidas até 30 de maio

O governo decidiu aumentar o grau de prontidão e resposta operacional por parte da GNR e da PSP, entre outras medidas. […]