Pagamentos ao setor Agroflorestal em abril somam mais de 28 milhões de euros

Pagamentos ao setor Agroflorestal em abril somam mais de 28 milhões de euros

Durante o mês de abril de 2021, o Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, I.P. (IFAP) procedeu a pagamentos ao setor agroflorestal no montante total de cerca de 28,3 milhões de euros.

Destacam-se 24,2 milhões de euros em medidas de Investimento, dos quais, 1,3 milhões de euros destinam-se ao setor do vinho através do programa VITIS. No âmbito das medidas de mitigação dos efeitos da COVID-19, foi pago um montante total de mais de 4 milhões de euros.

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, clarifica que, mesmo nesta fase de progressivo desconfinamento, a área governativa “continua a acompanhar, de forma muito atenta e próxima, o setor e os mercados. Mantemos um diálogo constante e reuniões periódicas, para que seja possível, a todo o tempo, implementar as medidas e as ações necessárias ao bom funcionamento da Agricultura e das cadeias de abastecimento, bem como à garantia de capacidade de resposta às exigências desta nova etapa de retoma”.

Comunicado enviado pelo Ministério da Agricultura.

Comente este artigo
Anterior Imigração. Sindicato agrícola diz que autoridades sabem mas fecham os olhos
Próximo Webinar: IV Jornadas de Homologação de Produtos Fitofarmacêuticos - 12 de maio

Artigos relacionados

Cotações PT

Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 10 a 16 Agosto 2020

Na região Trás-os-Montes, nas áreas de mercado Terra Fria e Alto Tâmega a oferta foi média/alta e a procura média/baixa. […]

Últimas

Entrega dos Prémios “Mais Alqueva Mais Valor”


Realiza-se no próximo dia 14 de março, às 14h30, no auditório da EDIA a cerimónia de entrega dos prémios “Mais Alqueva Mais Valor”. […]

Suplementos

Suplemento Agrovida de Janeiro Vida Económica – Editorial Teresa Silveira + Suplemento Agrovida

Portugal viveu um 2017 “estranho e contraditório”. É o Presidente da República quem o diz e obriga-nos a recapitular as “reconfortantes alegrias” que vivemos, […]