Opinião: Milagre de Fátima De Roma a Fátima

Opinião: Milagre de Fátima De Roma a Fátima

Norberto Canha

Rezo ao Criador para que no momento em que se comemora: o centenário do milagre de Fátima, a canonização e a vinda do Papa Francisco a Fátima, que estes factos sejam considerados como indícios de um novo milagre, para que este mundo desnorteado em que os valores mais pretendidos são o Capital e a corrupção (do capital e política), que seja a cidadania valorizada.
O Dr. António Figueiredo é um cidadão dado que é um bom chefe de família, é crente, respeita tanto um senhor como um mendigo ou estropiado e trata-os de igual maneira.
Esta viagem que fez de Roma a Fátima de bicicleta é prova de que, sendo crente, não teme o esforço nem o sacrifício para dignificar a sua crença.
Se definirmos cidadão como aquele que tem a fidelidade de um cão (cão de água português), a resistência de um camelo (que embora possa estar 7 dias sem comer, dá leite para alimentar o seu filho ou o seu dono), a força e memória de um elefante porque respeita o seu dono, tem memória e não tolera qualquer prepotência que para com ele ou a sua prol; tenha a empatia e graciosidade de um golfinho, a inocência de uma criança, e em que a equação direitos sobre deveres é sempre menor que um.
Ora, no Dr. António Figueiredo, os deveres para com a sociedade, a família e até a crença, sobrepõem-se grandemente aos direitos, ao oposto do que sucede com a generalidade dos cidadãos deste mundo.
O Dr. Figueiredo, que tem uma família exemplar, dá mais do que recebe, como tenho comprovado com a sua convivência, é defensor dos valores designados por princípios ou valores especulativos e operativos. A alma é o espírito especulativo. Espírito: alma operativa.

Princípios especulativos:
– Compromisso a favor de uma cultura da não violência e respeito por toda a vida.
– Compromisso a favor de uma cultura de solidariedade e de uma ordem económica justa.
– Compromisso a favor de uma cultura de tolerância e um estilo de vida honrado e verdadeiro.
– Compromisso a favor de uma cultura de igualdade e de camaradagem entre Homem e Mulher.
– A que acrescento recentemente: “Compromisso de que nenhum sistema político ou religião impeça ou frene a investigação, porque os benefícios colhidos são património de toda a humanidade.”

Defende, tal como eu, que nos especulativos se inclua um quinto com a seguinte redação “Nenhuma religião ou sistema político pode impedir ou frenar a investigação porque os benefícios colhidos são património de toda a humanidade”. Quanto aos operativos, que são 11, basta que se respeitem os dois primeiros, que é o princípio da equidade e da gratidão/ virtuosa benfeitoria.
Tendo como objetivos finais:
– Que todos tenham uma família;
– Que todos tenham um lar;
– Que não haja fome;
– Que todos tenham emprego;
– Que se respeite a biodiversidade e a natureza.

Que este novo milagre por nós desejado venha a ser o despertar de uma nova madrugada para o planeta Terra.

Comente este artigo
Anterior Expoliva, el mayor escaparate mundial del aceite de oliva
Próximo Interculturalidade é o mote da Beta Talk de Maio em Portimão

Artigos relacionados

Últimas

Nova direção da Unileite quer “medidas pioneiras” na fileira do leite nos Açores

[Fonte: Açoriano Oriental]

O novo dirigente da Unileite – União das Cooperativas Agrícolas de Laticínios da Ilha de São Miguel sublinhou esta sexta feira, […]

Nacional

BPI mantém liderança nas principais linhas de crédito para o apoio aos agricultores

[Fonte: Gazeta Rural]
O BPI e a John Deere assinaram a renovação do seu protocolo de colaboração para facilitar o financiamento da aquisição de máquinas e alfaias agrícolas da marca norte-americana, […]

Últimas

Investigador duvida da criação do cadastro florestal, que está 30 anos atrasado

Lisboa, 07 ago (Lusa) — O cadastro florestal vem, “no mínimo, com 30 anos de atraso”, persistindo a dúvida se é […]